Ir para o conteúdo PPGTER Ir para o menu PPGTER Ir para a busca no site PPGTER Ir para o rodapé PPGTER
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Orientações e Formulários

Para facilitar os procedimentos acadêmicos durante o curso, apresentamos um caminho a ser seguido em cada etapa. Leia atentamente e siga as orientações e procedimentos necessários. 

Conforme o Regulamento PPGTER, Art. 33. “Cada discente deverá terpartindo da primeira matrícula, um professor orientador e um Comitê de Orientação, aprovado pelo Colegiado do Programa, podendo também ter um coorientador.”

O comitê será constituído pelo orientador e mais dois professores, sendo que, pelo menos um, deverá fazer parte do PPGTER. A elaboração do Comitê deve ser feita em conjunto entre o Orientador e Orientado. O Requerimento de Aprovação do Comitê Acadêmico Requerimento_Aprovacao_Comite_Academico deverá ser ASSINADO por todos os membros e ENTREGUE  na Coordenação do PPGTER. No caso de professores externos, aceita-se assinatura digital.

Após sua homologação pelo Colegiado do Curso, será enviado um e-mail ao aluno, para incluir os nomes dos membros no Plano de Estudos através do Portal do Aluno.

Juntamente com o documento do Comitê, o mestrando deverá entregar o Registro de Projeto de Pesquisa Vinculado ao Discente, documento que apresenta informações sobre o projeto de pesquisa registrado no Gabinete de Projetos pelo orientador.

  • O Requerimento só poderá ser entregue na Coordenação após constar TODAS as assinaturas dos membros.

Formulários:

Requerimento_Aprovacao_Comite_Academico

Registro de Projeto de Pesquisa Vinculado ao Discente

 

No primeiro semestre de vínculo ao curso, é necessário elaborar um Plano de Estudos, que consiste em um planejamento das disciplinas que o estudante pretende cursar para completar os 24 créditos exigidos pelo programa. O Plano deverá ser registrado por meio do Portal do Aluno e revisado antes da Defesa da Dissertação para contemplar quaisquer alterações em relação à versão original.

De acordo com o Regimento Geral/Pós-Graduação UFSM, Art. 30: “É responsabilidade do discente a abertura, online, do plano de estudo, bem como eventuais atualizações. O plano de estudos deve ser aprovado pelo Colegiado do respectivo programa/curso antes da realização da matrícula para o segundo semestre do curso”. No momento da submissão do Plano de Estudos, o discente deverá indicar o Comitê de Orientação Acadêmica.

Tutorial:

Tutorial de preenchimento do Plano de Estudos On-line

Para a inclusão de um coorientador, o professor orientador deverá preencher a Solicitação de Coorientador, que deverá ser submetida ao Colegiado do Curso para aprovação nos termos do Art. 35 do Regulamento do Curso. 

Formulário:

Solicitação de Coorientador

Para solicitar dispensa ou aproveitamento de disciplina, o discente deverá preencher o formulário Requerimento de Dispensa ou Aproveitamento de Disciplina, anexar o(s) documentos comprobatórios (Ementa e Histórico onde aparece a aprovação na Disciplina) e encaminhar à coordenação do Programa para a avaliação do Colegiado que em caso de aprovação, posteriormente, tramitará ao DERCA.

No caso de disciplinas cursadas no próprio Programa é dispensada a ementa, anexando-se ao pedido somente o Histórico Escolar onde aparece a aprovação na Disciplina.

Formulário:

Requerimento de Dispensa ou Aproveitamento de Disciplina

Ementa:
A disciplina de Seminário Integrador I compreende duas atividades distintas:

– Momentos de orientação individual entre orientado e orientador, com o objetivo de aprofundar sua pesquisa sobre um tema específico. Espera-se que ao final destes momentos, o estudante obtenha como resultado a produção de um relatório técnico e/ou artigo que possa ser compartilhado com a comunidade acadêmica;

– Participação dos estudantes em bancas de qualificação e/ou de defesa de mestrado (no mínimo duas participações), com o objetivo de acompanhar estes momentos, buscando obtenção de diferentes conhecimentos e atualização sobre os projetos que estão sendo desenvolvidos pelos colegas do programa. O relatório destas participações, devidamente preenchido, deve ser entregue ao professor orientador.

Já a disciplina de Seminário Integrador II pode compreender, além dos momentos de orientação, encontros entre os professores e estudantes do curso, com o objetivo de debater sobre os projetos de pesquisa e trabalhos sendo desenvolvidos pelos grupos, como forma de compartilhar conhecimentos entre os diferentes grupos e linhas de pesquisa que envolvem docentes e discentes do programa;

Formulário:

Relato de Ouvinte de Bancas

A disciplina de Docência Orientada equivale a 1 (um) crédito que será integralizado ao histórico escolar caso o discente opte por realizar o Estágio de Docência, podendo integralizar, no máximo, 2 créditos.

Após a matrícula, é necessário preencher o Plano de Atividades para Estágio de Docência, encaminhar ao Departamento responsável pela oferte da disciplina em que será ministrada a docência para avaliação. A seguir, o plano deve ser encaminhado à Coordenação do PPGTER.

Ao finalizar o Estágio de Docência, o discente deverá entregar o Relatório das Atividades do Estágio de Docência à Coordenação do PPGTER, devidamente preenchido.

Formulários:

Plano de Atividades para Estágio de Docência

Relatório das Atividades do Estágio de Docência

Conforme Regulamento do PPGTER, Art. 29, os discentes de pós-graduação em nível de Mestrado deverão comprovar suficiência em uma língua estrangeira, por meio de Exame de Suficiência em Língua Estrangeira (espanhol, inglês, francês, italiano, alemão) realizada na UFSM ou em outra Instituição de Ensino Superior.

A validação segue a RESOLUÇÃO N. 003/10, que estabelece as normas para realização do Teste de Suficiência em Língua Estrangeira na UFSM e aproveitamento de testes de outras instituições. 

Os candidatos aprovados no Teste de Suficiência feito na UFSM, que forem alunos regulares da pós-graduação da UFSM terão, no seu histórico escolar, o registro de aprovação realizado pelo DERCA. Maiores informações sobre o teste aplicado na UFSM podem ser obtidas em: TESSLE .

Quando a Suficiência for realizada em outra Instituição de Ensino Superior, o discente deverá preencher o formulário REQUERIMENTO DE COMPROVAÇÃO DE SUFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA e encaminhar ao Colegiado do Programa,  junto com o comprovante de aprovação, para atualização do histórico escolar. 

Caso o requerente tenha feito TOELF,  “é possível obter a equivalência, desde que tenha nota igual ou superior a 41 pontos na seção “Reading comprehension” do TOELF. Deve-se redigir um requerimento assinado com o cartão de resultado do TOELF em anexo e encaminhar junto com a solicitação.

Outras informações também podem ser obtidas diretamente no site do DERCA.

Formulário:

Requerimento de Comprovação de Suficiência em Língua estrangeira (em pdf)

Requerimento de Comprovação de Suficiência em Língua estrangeira (em docx)

 A Defesa de Qualificação deve ocorrer após o aluno completar 18 créditos e até o 18º mês do curso.

O processo de marcação da Defesa de Qualificação é realizado pelo próprio aluno, via Coordenação de Curso, seguindo as orientações:

1. Marcar a data e local junto com o orientador e confirmar com os membros da banca (Se a qualificação for no Centro de Educação, agendar pelo e-mail infra.ce@ufsm.br ou no PPGE – sala 3170, fone: 3220-8023);

2. Preencher formulário Solicitação de Defesa de Qualificação. O formulário deve ser integralmente preenchido pelo discente e o(a) orientador(a), os quais são responsáveis pelas informações fornecidas. Nos casos em que houver coorientador, este não pode ser membro titular ou suplente da banca e seus dados deverão ser informados no campo específico;

3. Encaminhar a Solicitação de Defesa de Qualificação à coordenação do curso, com pelo menos 15  dias de antecedência;

4. Caso a participação de um dos membros da banca for a distância, será necessário reservar uma sala para videoconferência. O discente deverá solicitar a(o) orientador(a) a reserva de uma sala no Portal de Agendamentos da UFSM em https://portal.ufsm.br/agendamento/index.html;

5. A partir da data do agendamento da Defesa de Qualificação, o aluno deverá enviar uma cópia do trabalho para cada membro da banca. Sugere-se o prazo mínimo de 15 dias de antecedência. 

6) Antes da data de Defesa de Qualificação, o professor orientador (ou discente) deverá passar na Secretaria do Programa para retirar a documentação referente à banca de Defesa de Qualificação.

Ata de Defesa

Em relação à Ata de Defesa por videoconferência ou parecer, ressalta-se as orientações da PRPGP, de acordo com Informativo PRPGP n0 002/2019:

1.1 – Participação por videoconferência:

A ata de defesa deve ser assinada pelo membro externo, digitalizada e enviada ao Curso. Essa assinatura digitalizada é justificada no campo “Declaração” da ata, pelo presidente-orientador com o texto “o professor xxxxx participou por videoconferência” e as assinaturas originais dos demais membros presentes atestam essa participação online. NÃO é necessário o envio da ata com a assinatura original.

1.2 – Participação por parecer

O membro externo que participa da defesa de qualificação por parecer não precisa assinar a ata. No espaço reservado à sua assinatura pode constar “por parecer” ou permanecer em branco. No campo “Declaração” deve conter: “professor yyyyy participou por parecer”.

O parecer assinado original ou o digitalizado assinado, enviado por e-mail, deve ser encaminhado para a secretaria do curso ou para o presidente da banca. Não precisa ser o parecer original.

Com respeito à participação de até dois membros por videoconferência, recomenda-se que este limite máximo seja aplicado apenas para o nível de doutorado e que, no caso da Defesa de Qualificação de Mestrado, com apenas três membros na comissão, apenas um membro deva participar por videoconferência.

Lembramos que a utilização de assinatura, sem a autorização do interessado e a falsificação de qualquer documento nesta situação incidiria sobre o autor os efeitos da lei penal (Art. 297 do Código Penal Brasileiro).

Formulário:

Solicitação de Defesa de Qualificação

A matrícula em Elaboração de Dissertação/Tese (EDT) deve ser realizada para a manutenção do vínculo discente com o Programa e a UFSM e deve ser solicitada somente quando o discente não tiver mais disciplinas para cumprir.

A Defesa de Dissertação deverá ocorrer até o 24º mês do curso.

Todo o processo deverá ser realizado pelo próprio aluno, com até 30 dias de antecedência da data prevista para a Defesa, através do Portal do Aluno. Para solicitar a Defesa, o discente deve ter integralizado no Histórico Escolar os 24 créditos exigidos pelo Programa e a Suficiência em Língua Estrangeira.

Orientações para Formalização da Solicitação

Algumas orientações sobre o processo de Defesa de Dissertação devem ser observadas antes da formalização da solicitação no Portal do Aluno:

1. Verificar com o(a) orientador(a) os itens que devem ser preenchidos: dados da banca, local de defesa, título do trabalho, entre outros;

2. Revisar/atualizar o Plano de Estudos, que foi elaborado no início do curso. Este deve ser revisado/alterado para que fique exatamente igual ao Histórico Escolar do Aluno (sem disciplinas a mais ou a menos);

3. Encaminhar um email com o convite para os professores que irão compor a banca, formalizando a solicitação no Portal do Aluno somente após a confirmação dos nomes.

4. Marcar a data e o local da Defesa com o(a) orientador(a) (se a defesa for realizada no Centro de Educação, agendar pelo e-mail infra.ce@ufsm.br ou no PPGE – sala 3170, fone: 3220-8023);

5. Caso a participação de um dos membros da banca for a distância, será necessário reservar uma sala para videoconferência. O discente deverá solicitar a(o) orientador(a) a reserva de uma sala no Portal de Agendamentos da UFSM em https://portal.ufsm.br/agendamento/index.html;

 Após a formalização do pedido de Defesa de Dissertação, o(a) orientador(a) deverá acessar o Portal do Professor, verificar os dados e tramitar para a Coordenação do Programa.

Sugere-se que o discente encaminhe o trabalho aos membros da banca com uma antecedência mínima de 20 dias.

O não cumprimento de todas as etapas descritas implicará no indeferimento da defesa.

Ata de Defesa de Mestrado

Em relação à Ata de Defesa por videoconferência ou parecer, ressalta-se as orientações da PRPGP, de acordo com Informativo PRPGP n0 002/2019:

2.1- Participação por videoconferência:

A ata de defesa deve ser assinada pelo membro externo que participa da
defesa via videoconferência, digitalizada e enviada ao Curso por intermédio do orientador. Essa assinatura digitalizada é justificada no campo “Declaração” da ata, pelo presidente-orientador com o texto “o professor xxxxx participou por videoconferência” e as assinaturas originais dos demais membros presentes atestam essa participação online.


2.2- Participação por parecer:

O membro externo que participa da defesa por parecer não precisa assinar a
ata. No espaço reservado à sua assinatura pode constar “por parecer” ou
permanecer em branco. No campo “Declaração” deve conter: “professor yyyyy
participou por parecer”.

O parecer assinado original deve ser enviado por Correio para a secretaria
do curso ou para o presidente da banca, anexado à ata, para ser enviado à PRPGP.
Diferente da defesa do exame de qualificação, exige-se o parecer original.

 

Com respeito à participação de até dois membros por videoconferência, recomenda-se que este limite máximo seja aplicado apenas para o nível de doutorado e que, no caso da Defesa de Dissertação, com apenas três membros na comissão, apenas um membro deva participar por videoconferência.

Lembramos que a utilização de assinatura, sem a autorização do interessado e a falsificação de qualquer documento nesta situação incidiria sobre o autor os efeitos da lei penal (Art. 297 do Código Penal Brasileiro).

Outras orientações

1. Quando o título do trabalho for alterado por decisão da Comissão Examinadora, a nova redação deve ser transcrita de forma clara e legível na Ata de Defesa, para resultar na alteração no processo de defesa e histórico do(a) acadêmico(a).

2. A participação de membros da Comissão Examinadora só é permitida para aqueles que constarem na Portaria de nomeação. Se houver a ausência de um dos membros titulares, somente poderá substituí-lo um membro suplente que conste da Portaria e que esteja na mesma condição, mantendo-se na composição da Comissão a exigência mínima de membro externo, prevista no caput do artigo 68 e do artigo 71, 6°.

3. A consolidação da ata somente ocorrerá com a imposição das assinaturas de todos os membros, do Coordenador (com o seu respectivo carimbo) e a data do encaminhamento.

Tutorial:

Tutorial de Solicitação de Defesa de MDT

No caso de aprovação na Defesa de Dissertação, a documentação definitiva deve ser entregue na Coordenação do Programa (Art. 66/ Regulamento PPGTER), contendo:

1. Um livro capa azul dura, referente ao texto da Dissertação de Mestrado, com a Folha de Aprovação em Dissertação contendo TODAS as assinaturas originais, conforme o seguinte memorando.

1.1 Resumo: de acordo com o inciso § 9º do Regulamento do Programa, o Resumo da Dissertação DEVE CONTER a Área de Concentração, a Linha de Pesquisa e a indicação explícita do Produto gerado pela pesquisa;

1.2 Ficha catalográfica: a dissertação definitiva DEVE conter uma Ficha Catalográfica, que deverá ser preenchida pelo próprio discente, via página da Biblioteca Central (www.ufsm.br/biblioteca).

2. Um CD (em um envelope/capa) com o texto da dissertação, em formato .doc/.docx  e .pdf, para ser entregue a Biblioteca Central (com identificação e resumo no envelope/capa);  

3. Um CD com o texto da dissertação em formato editável (.doc/.docx ou .odt) e .pdf, o produto final da dissertação (em arquivo separado) e o resumo, palavras-chave, abstract e keywords (em arquivo separado), conforme regulamento do Programa (com identificação e resumo da dissertação impressos no envelope do CD);  o arquivo com a dissertação deverá ser nomeado da seguinte forma: Dissertacao_PPGTER_NomeAluno.   

4. Autorização para Publicação da Dissertação (disponível no site PRPGP), de acordo com o prazo definido pela Comissão Examinadora, com as modificações sugeridas, ficando a verificação das correções sob a responsabilidade do professor orientador;

5. Comprovante de submissão de artigo resultante da dissertação à Revista Científica qualificada segundo o Qualis/CAPES, área Interdisciplinar, de acordo com o exigido pelo Regimento do Programa, inciso § 10º;

6. Declaração do orientador, para o prosseguimento do processo de emissão Diploma.

Além disso, deverá ser preenchido um Relatório Pós-Defesa, que encontra-se disponível no link: https://forms.gle/pAjQSnzwaLM2F6NA9. Após o preenchimento do mesmo, um comprovante será enviado ao e-mail do aluno, que deverá encaminhar este comprovante para o programa, através do e-mail ppgter@ufsm.br, com o assunto: “Relatório Pós-Defesa PPGTER – NOME_DO_ALUNO”, bem como entregar uma cópia impressa junto ao restante da documentação. 

Formulários:

Relatório Pós Defesa

Declaração Orientador

De acordo com o Regulamento do PPGTER:

Art. 76. O Curso de Mestrado do PPGTER terá a duração mínima de doze e máxima de vinte e quatro meses.

        1º É permitida uma única prorrogação de até seis meses, em caráter excepcional, por solicitação justificada do professor orientador, a critério do Colegiado.

De acordo com a Ata Nº 86 da Reunião do Colegiado do PPGTER,  de 14 de maio de 2018, decidiu-se pela obrigatoriedade de Qualificação de Mestrado realizada, para solicitação da prorrogação do prazo de Defesa de Dissertação, bem como da entrega do texto em andamento da dissertação.

Considerando que os processos, atualmente, estão sendo feitos via DAG, solicita-se que, concomitantemente à abertura do processo, o estudante encaminhe o texto da dissertação ao e-mail da coordenação (ppgter@ufsm.br), para ser anexado ao processo quando da análise, pelo Colegiado do Programa.  

O pedido deve ser feito de acordo com os procedimentos elencados no Informativo PRPGP Nº 001/2019, a partir do preenchimento do Formulário “Requerimento para Prorrogação do Prazo de Defesa“. 

Formulários:

Requerimento para Prorrogação do Prazo de Defesa

O Amparo ao Estudante é um direito que lhe assiste desde que o mesmo esteja enquadrado numa dessas situações: Aluno Portador de Afecções e Aluna Gestante. O Regimente de Exercícios Domiciliares é regido pelas informações presentes no Guia do Estudante/Guia Acadêmico da UFSM, disponível neste link.

O documento de Declaração de Provável Concluinte de Mestrado deve ser solicitado no Portal do Aluno. Caso o sistema não gere automaticamente o referido documento, o aluno deve dirigir-se pessoalmente ao DERCA para solicitá-lo.

ATENÇÃO: o DERCA só fornece este tipo de documento para alunos que não possuam pendências no Plano de Estudos.