Ir para o conteúdo FACOS-UFSM Ir para o menu FACOS-UFSM Ir para a busca no site FACOS-UFSM Ir para o rodapé FACOS-UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Rural conectado: mídia e processos sociotécnicos no Brasil e Argentina

Rural conectado: mídia e processos sociotécnicos no Brasil e Argentina

Eduardo Andres Vizer, Eugenia Mariano da Rocha Barichello, Ada Cristina Machado da Silveira (organizadores)
Rural conectado: mídia e processos sociotécnicos no Brasil e Argentina

“Rural Conectado é uma coletânea de textos produzidos por pesquisadores que se fizeram devedores de atividades decorrentes da realização do Convênio Bilateral CAPES-MINCYT. O convênio amparou um projeto em rede envolvendo pesquisadores das universidades brasileiras – a Universidade Federal de Santa Maria (proponente) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (associada) e, da Argentina – a Universidad Nacional de Quilmes (proponente) e a Universidad de Buenos Aires (associada). Juntos, docentes e discentes conformaram uma rede de investigadores detidos em considerar o espaço rural de forma muito mais que descritiva e como um modo particular de utilização daquele espaço e de sua vida social. A proposta do Convênio Bilateral foi encaminhada em 2012, aprovada para o ano seguinte e transcorreu até 2015.” Trecho retirado da Apresentação.

Rural conectado: mídia e processos sociotécnicos no Brasil e Argentina

“Rural Conectado é uma coletânea de textos produzidos por pesquisadores que se fizeram devedores de atividades decorrentes da realização do Convênio Bilateral CAPES-MINCYT. O convênio amparou um projeto em rede envolvendo pesquisadores das universidades brasileiras – a Universidade Federal de Santa Maria (proponente) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (associada) e, da Argentina – a Universidad Nacional de Quilmes (proponente) e a Universidad de Buenos Aires (associada). Juntos, docentes e discentes conformaram uma rede de investigadores detidos em considerar o espaço rural de forma muito mais que descritiva e como um modo particular de utilização daquele espaço e de sua vida social. A proposta do Convênio Bilateral foi encaminhada em 2012, aprovada para o ano seguinte e transcorreu até 2015.” Trecho retirado da Apresentação.

Acesso à obra