Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

INFORMATIVO PALESTRA 05/08 – SANTA MARIA – NOVO!!

Prezados,

Informamos um release da palestra do dia 05/08, no Hotel Itaimbé, em Santa Maria/RS, às 17h30min:

PROGRAMAÇÃO
05/08/2013

 

 

LOCAL: AUDITORIO DO ITAIMBE PALACE HOTEL ÀS 17h30min
ESPETÁCULO QUAQUARELABANDO DE BRINCANTES DE PORTO ALEGRE

 

A IMPORTÂNCIA DO TEATRO PARA CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO

Palestra seguida de bate-papo, conduzido por Viviane Juguero.

Em pleno ano de 2013, onde as crianças têm acesso a milhares de opções em DVDs, vídeo-games, canais fechados exclusivamente infantis, etc., qual o sentido de fazer teatro dedicado à infância?  Qual o benefício de levar uma criança ao teatro?
Ao verificar o esvaziamento de inúmeras salas com espetáculos para crianças, pode-se perguntar: O teatro é uma atividade obsoleta? Esse fenômeno acontece com todos os trabalhos? Qual a relação entre os hábitos predominantes na cultura contemporânea e a diminuição de público? É uma opção das crianças não ir ao teatro?
Verificamos que diversas escolas ainda optam por levar seus alunos para assistirem a espetáculos teatrais. Por quê? Como, em geral, professores e alunos são preparados para as atividades? Quais as considerações de artistas em relação a encontros pedagógicos? Como o artista se prepara para encontros pedagógicos?
A partir de todas essas questões, pretende-se responder a uma pergunta que engloba todas elas: “Qual a importância de fazer e assistir teatro hoje em dia?”

I. Teatro e contemporaneidade

1. Hábitos culturais contemporâneos: como vivem as crianças hoje?
1.1. Contextualizando as contemporaneidades (diferenças sócio-culturais)
1.2. Generalizando algumas realidades
1.2.a) Como as crianças brincam em 2013?
1.2.b) A relação familiar em 2013
1.2.c) O papel da escola na infância contemporânea

2. A arte e seus veículos
2.1. O veículo não é nada (conteúdo, tempo de exposição, interação)
2.2. Qualidade artística e pedagógica das composições estéticas contemporâneas

II. Teatro e desenvolvimento

1. O Teatro e sua relação com a educação e o ensino: do teatrinho didático à responsabilidade pedagógica da criação teatral
2. Diferenças e cruzamentos entre arte e entretenimento
2.1. O teatro e a construção de sujeitos do conhecimento: A arte apresenta perguntas instigantes e não respostas rigidamente estabelecidas.
2.2. A padronização do comportamento X o estímulo à liberdade de expressão.

III. Aspectos pedagógicos da linguagem teatral para crianças
1. Teatro infantil X Teatro para crianças
2. Reflexão sobre a adequação às faixas etárias
3. Universo infantil e criação teatral para crianças
4. A especificidade teatral na relação com o público
4.a) A presença viva
4.b) A necessária cumplicidade do público – acordos tácitos
4.c) A efemeridade do momento e a memória interativa
4.d) A criatividade desperta e alerta

IV. O teatro como atividade escolar:
1. A aprendizagem do teatro na escola
2. O papel fundamental do professor enquanto mediador e parceiro na apreciação de um espetáculo
3. Formação do professor de teatro
4. Teatro e as inteligências múltiplas
5. Relações multidisciplinares na prática teatral

V. Considerações Finais (bate-papo)

Fonte: Chilli Eventos e UFSM