Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Grupo de Ensino de Física

GRUPO DE ENSINO DE FÍSICA (GEF)

Pesquisa Em Atividade

Contato:

gefufsm@gmail.com
Notícias gef
E quanto às energias das órbitas eletrônicas?
Suponhamos que queremos medir não apenas a energia de uma partícula, mas também a duração do intervalo de tempo que ela permanece com esta energia. A relação de incerteza de…
27/02/2020 – 08:40
Então, não podemos falar em órbitas eletrônicas?
Na Física Clássica está implícita a idéia de que qualquer grandeza de movimento de uma partícula ou de um corpo extenso pode ser medida e descrita de modo exato. Por…
27/02/2020 – 08:37
Princípio de Incerteza de Heisenberg
Na Física Clássica, está implícita a idéia de que qualquer grandeza de movimento de uma partícula pode ser medida e descrita de modo exato. Por exemplo, podemos medir simultaneamente a…
27/02/2020 – 08:37
O que é um diagrama de níveis de energia?
Para ilustrar o conceito de diagrama de níveis de energia vamos considerar o caso do átomo de hidrogênio no modelo atômico de Bohr. Segundo o modelo de Bohr, as energias…
27/02/2020 – 08:32
O que é o modelo de Bohr?
O modelo atômico de Bohr foi uma tentativa de aplicar as idéias de quantização de Planck e Einstein ao modelo nuclear de Rutherford. Com o referencial fixo no núcleo do átomo, o…
27/02/2020 – 08:31
Princípio de Exclusão de Pauli
Para que o conceito de órbita tenha sentido em escala atômica, devemos ser capazes de determinar, para qualquer posição do elétron, a correspondente velocidade instantânea. Contudo, de acordo com o…
27/02/2020 – 08:29

Apresentação

O Grupo de Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Maria (GEF-UFSM) é formado por professores que orientam acadêmicos de licenciatura nas disciplinas de Estágio Supervisionado em Ensino de Física e desenvolvem atividades de pesquisa em ensino e de extensão, procurando contribuir para o aperfeiçoamento dos professores do ensino médio. As atividades de extensão envolvem o trabalho direto com professores da rede pública de ensino, apresentação de cursos, oficinas e palestras e elaboração de cadernos didáticos.

O GEF-UFSM defende que uma melhor compreensão dos conteúdos é alcançada quando o professor, pelo diálogo em sala de aula, privilegia a discussão conceitual aprofundada dos princípios e leis fundamentais e de como eles operam no interior dos fenômenos, trabalhando paralelamente a notação matemática, o vocabulário, as representações gráficas, as escalas e as proporções.

O GEF-UFSM entende que a compreensão dos conteúdos não é alcançada pelo ensino centrado no professor, que privilegia a solução de exercícios e problemas numéricos e que conduz umas poucas atividades experimentais isoladas, apenas para reproduzir algum fenômeno ou comprovar o valor numérico de uma constante, mas sim através do processo que se estabelece pelo diálogo professor-aluno, construído a partir dos conhecimentos que os alunos já dominam e de atividades experimentais integradas à teoria, acompanhando a seqüência lógica dos conteúdos.