Ir para o conteúdo Corpus Ir para o menu Corpus Ir para a busca no site Corpus Ir para o rodapé Corpus
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Saber Urbano, Linguagem e Políticas Públicas no Laboratório Corpus



O Laboratório Corpus – Estudo de Fontes da Linguagem, PPGL/UFSM, continua com sua jornada de 10 jornadas com pesquisadores de diferentes áreas da Línguística e da Literatura. A próxima conferência será com a Profª Dra. Cláudia Castellanos Pfeiffer, dia 05 de novembro, segunda-feira, às 8h30min, com o tema Instrumentos Linguísticos, Ensino e Políticas Públicas: uma relação na HIL – História das Idéias Linguísticas. À tarde, a partir das 14h, realiza-se o encontro Conversas com o Pesquisador, As inscrições podem ser feitas no labcorpus@hotmail.com, vagas limitadas, o local é o mini-auditório do PPGL, sala 3223, prédio 16, CE, e não serão realizadas inscrições na hora.cartaz11-733x1024.jpg

Para a pesquisadora, o seu trabalho tem lhe possibilitado construir um lugar possível de interferências no ensino da língua portuguesa, a partir de minhas compreensões da relação entre língua/cidade/Estado. A ancoragem teórico-analítica de suas pesquisas se dá nas relações constitutivas “de um sujeito urbano escolarizado que participa de uma simbolização do espaço em que, assim como a rua por onde ele circula, também o texto (em) que ele escreve não fazem sentido.”
Sobre a conferencista: Bacharelado (1991), mestrado (1995) e doutorado (2000) em Lingüística pela Unicamp. Exerce suas atividades científico-acadêmicas no Laboratório de Estudos Urbanos (LABEURB/NUDECRI/UNICAMP), na carreira de Pesquisadora. Especializada em Análise de Discurso, atua, principalmente, nas linhas: análise de discurso, saber urbano e linguagem, ensino, história das idéias lingüísticas e divulgação científica. Seu percurso analítico é assentado no campo de reflexão sobre o saber urbano e a linguagem, o que lhe permitiu “compreender uma estreita relação entre mídia, escolarização e urbanização, como contrapartes da normatização do Estado”, conforme podemos ler em http://www.labeurb.unicamp.br/portal/pages/perfil/verPerfil.lab?id=3

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes