Ir para o conteúdo Corpus Ir para o menu Corpus Ir para a busca no site Corpus Ir para o rodapé Corpus
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Laboratórios em Cooperação: Relações entre Brasil e França – última parte do evento itinerante



    Na última sexta-feira, dia 24 de outubro, teve lugar na UFSM a última parte do evento itinerante Laboratórios em Cooperação: Relações entre Brasil e França que envolveu os seguintes laboratórios: Laboratório Corpus, UFSM (Santa Maria, RS); LAS-Laboratório Arquivos do Sujeito, UFF, (Niterói, RJ); El@dis-Laboratório Discursivo: sujeito, rede eletrônica e sentidos em movimento, USP (Ribeirão Preto, SP), Laboratoire d’Histoire des Théories Linguistiques, Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3 (Paris, FR). A coordenação do Laboratórios em Cooperação é das professoras Amanda Scherer (UFSM), Bethania Mariani (UFF), Lucília Sousa (FFCLRP/USP), Silmara Dela Silva (UFF), Vanise Medeiros (UFF) e Verli Petri (UFSM).     A mesa de cerimônia de abertura, às 9h, contou com a presença de Pedro Brum Santos (Diretor do CAL), Agueda Palmira Castagna de Vargas (Pró-Reitora Adjunta PRPGP), Sara Regina Scotta Cabral (Coordenadora do PPGL), Enéias Farias Tavares (Coordenador Substituto do PPGL), Jean-Marie Fournier (Paris III – Sorbonne Nouvelle), Christian Puech (Paris III – Sorbonne Nouvelle) e Amanda Eloina Scherer (Coordenadora do Laboratório Corpus).     Após a cerimônia de abertura, às 9h 30min, teve início o Seminário As ciências da linguagem e sua história: concepções e métodos com palestras proferidas por Jean-Marie Fournier (Paris III – Sorbonne Nouvelle) e Christian Puech (Paris III – Sorbonne Nouvelle) pesquisadores do Laboratoire d’Histoire des Théories Linguistiques, com a coordenação de Cristiane Dias (Labeurb-UNICAMP).     Ainda pela manhã, o evento teve continuidade com o lançamento das seguintes publicações: Textecendo discursos na contemporaneidade, org. por Ane Ribeiro Patti, Daiana Faria, Daniela Giorgenon, Dantielli Assumpção Garcia, Lucília Maria Abrahão e Sousa; Ressonâncias de Pêcheux em nós org. por Dantielli Assumpção Garcia, Fernanda Correa Silveira Galli, Jonathan Raphael Bertassi da Silva, Lucília Maria Abrahão e Sousa, Maria Luísa Lopes Chicote, Thaís Harumi Manfré Yado; Discurso e Sujeito: trama de significantes org. por Lauro José Siqueira Baldini, Lucília Maria Abrahão e Sousa; Letras n. 48 (2014) Sujeito, língua e memória, org. por Vanise Medeiros, Verli Petri; Letras n. 46 (2013) Língua, museu e patrimônio org, por Amanda Eloina Scherer, Lucília Maria Sousa Romão; Gragoatá n. 34 (2013) Análise de discurso e discursos contemporâneos: hegemonias e resistências org. por Vanise Medeiros, Bethania Mariani; Fragmentum n. 39 (2013), Homenagem à Leda Bisol: diálogos e perspectivas em Linguística, Evellyne Costa, Tatiana Keller; Fragmentum n. 39 (2013); Fragmentum n. 38 v. 2 (2013), The Silence of the Sphinx: Oedipal error and the recovered answer to the riddle, org por Enéias Farias Tavares; Fragmentum n. 38 v. 1 (2013), A Tragédia Grega: Tradução, Encenação e Crítica, org. por Enéias Farias Tavares, Carlos Roberto Ludwig.     À tarde, às 14h 30min, teve início a Mostra de Trabalhos em Andamento  que contou com a apresentação de 32 painéis sobre pesquisas realizadas em Pós-Doutorado, Doutorado, Mestrado e Iniciação Científica.       Às 15h 30 min, teve início a Mesa-redonda – Relações de pesquisa e saberes em discurso: história e memória em uma rede de laboratórios com as palestras proferidas por Vanise Medeiros (LAS-UFF), Lucília Sousa (USP-RP), Silmara Dela Silva (LAS-UFF) e Taís S. Martins (Corpus-UFSM) coordenada por Verli Petri (UFSM).   O Laboratórios em Cooperação: Relações entre Brasil e França iniciou no dia 20 de outubro, na Universidade Federal Fluminense (UFF-Niterói/RJ), tendo sua continuidade, no dia 22, na Universidade de São Paulo (USP- Ribeirão Preto/SP), culminando, no dia 24, em seu encerramento na Universidade Federal de Santa Maria. Esse grandioso evento, que reuniu pesquisadores brasileiros e estrangeiros de quatro laboratórios (três do Brasil e um da França) envolvidos com o campo da História das Ideias Linguísticas, teve participação expressiva em todas as sedes com palestras e discussões que fortaleceram as relações entre os laboratórios em cooperação.       Na última sexta-feira, dia 24 de outubro, teve lugar na UFSM a última parte do evento itinerante Laboratórios em Cooperação: Relações entre Brasil e França que envolveu os seguintes laboratórios: Laboratório Corpus, UFSM (Santa Maria, RS); LAS-Laboratório Arquivos do Sujeito, UFF, (Niterói, RJ); El@dis-Laboratório Discursivo: sujeito, rede eletrônica e sentidos em movimento, USP (Ribeirão Preto, SP), Laboratoire d’Histoire des Théories Linguistiques, Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3 (Paris, FR). A coordenação do Laboratórios em Cooperação é das professoras Amanda Scherer (UFSM), Bethania Mariani (UFF), Lucília Sousa (FFCLRP/USP), Silmara Dela Silva (UFF), Vanise Medeiros (UFF) e Verli Petri (UFSM).     A mesa de cerimônia de abertura, às 9h, contou com a presença de Pedro Brum Santos (Diretor do CAL), Agueda Palmira Castagna de Vargas (Pró-Reitora Adjunta PRPGP), Sara Regina Scotta Cabral (Coordenadora do PPGL), Enéias Farias Tavares (Coordenador Substituto do PPGL), Jean-Marie Fournier (Paris III – Sorbonne Nouvelle), Christian Puech (Paris III – Sorbonne Nouvelle) e Amanda Eloina Scherer (Coordenadora do Laboratório Corpus).     Após a cerimônia de abertura, às 9h 30min, teve início o Seminário As ciências da linguagem e sua história: concepções e métodos com palestras proferidas por Jean-Marie Fournier (Paris III – Sorbonne Nouvelle) e Christian Puech (Paris III – Sorbonne Nouvelle) pesquisadores do Laboratoire d’Histoire des Théories Linguistiques, com a coordenação de Cristiane Dias (Labeurb-UNICAMP).     Ainda pela manhã, o evento teve continuidade com o lançamento das seguintes publicações: Textecendo discursos na contemporaneidade, org. por Ane Ribeiro Patti, Daiana Faria, Daniela Giorgenon, Dantielli Assumpção Garcia, Lucília Maria Abrahão e Sousa; Ressonâncias de Pêcheux em nós org. por Dantielli Assumpção Garcia, Fernanda Correa Silveira Galli, Jonathan Raphael Bertassi da Silva, Lucília Maria Abrahão e Sousa, Maria Luísa Lopes Chicote, Thaís Harumi Manfré Yado; Discurso e Sujeito: trama de significantes org. por Lauro José Siqueira Baldini, Lucília Maria Abrahão e Sousa; Letras n. 48 (2014) Sujeito, língua e memória, org. por Vanise Medeiros, Verli Petri; Letras n. 46 (2013) Língua, museu e patrimônio org, por Amanda Eloina Scherer, Lucília Maria Sousa Romão; Gragoatá n. 34 (2013) Análise de discurso e discursos contemporâneos: hegemonias e resistências org. por Vanise Medeiros, Bethania Mariani; Fragmentum n. 39 (2013), Homenagem à Leda Bisol: diálogos e perspectivas em Linguística, Evellyne Costa, Tatiana Keller; Fragmentum n. 39 (2013); Fragmentum n. 38 v. 2 (2013), The Silence of the Sphinx: Oedipal error and the recovered answer to the riddle, org por Enéias Farias Tavares; Fragmentum n. 38 v. 1 (2013), A Tragédia Grega: Tradução, Encenação e Crítica, org. por Enéias Farias Tavares, Carlos Roberto Ludwig.     À tarde, às 14h 30min, teve início a Mostra de Trabalhos em Andamento  que contou com a apresentação de 32 painéis sobre pesquisas realizadas em Pós-Doutorado, Doutorado, Mestrado e Iniciação Científica.       Às 15h 30 min, teve início a Mesa-redonda – Relações de pesquisa e saberes em discurso: história e memória em uma rede de laboratórios com as palestras proferidas por Vanise Medeiros (LAS-UFF), Lucília Sousa (USP-RP), Silmara Dela Silva (LAS-UFF) e Taís S. Martins (Corpus-UFSM) coordenada por Verli Petri (UFSM).   O Laboratórios em Cooperação: Relações entre Brasil e França iniciou no dia 20 de outubro, na Universidade Federal Fluminense (UFF-Niterói/RJ), tendo sua continuidade, no dia 22, na Universidade de São Paulo (USP- Ribeirão Preto/SP), culminando, no dia 24, em seu encerramento na Universidade Federal de Santa Maria. Esse grandioso evento, que reuniu pesquisadores brasileiros e estrangeiros de quatro laboratórios (três do Brasil e um da França) envolvidos com o campo da História das Ideias Linguísticas, teve participação expressiva em todas as sedes com palestras e discussões que fortaleceram as relações entre os laboratórios em cooperação.  

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes