Ir para o conteúdo INCT Ir para o menu INCT Ir para a busca no site INCT Ir para o rodapé INCT
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Convênio entre a UFSM e a ELETROCAR é assinado



No dia 24 de outubro de 2019 foi assinado convênio entre a Universidade Federal de Santa Maria – UFSM e a Centrais Elétricas de Carazinho S/A -ELETROCAR para a execução conjunta do projeto “Modelagem para a previsão e monitoramento da evasão de unidades consumidoras, devido à expansão da geração distribuída fotovoltaica”.

A solenidade de assinatura, ocorrida no Gabinete do Reitor, contou com a presença do reitor da UFSM, Paulo Burmann, do vice-reitor Luciano Schuch, do diretor do Centro de Tecnologia, Tiago Marchesan, do coordenador do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Julio Mairesse Siluk (responsável pela gestão do projeto), do diretor-presidente da ELETROCAR, Cláudio Joel de Quadros, e do diretor administrativo-financeiro da ELETROCAR, Jonas Lampert, além de representantes da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia da UFSM (AGITTEC) e da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC).

O projeto está vinculado ao curso de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e será executado pelo Núcleo de Inovação e Competitividade, que tem como uma de suas especialidades a pesquisa em Gestão de Energia, o grupo de pesquisa conta ainda com o laboratório multiusuário: Gestão em Negócios  de Energia situado no Instituto de Redes Inteligentes,  vinculado ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Geração Distribuída de Energia Elétrica (INCT-GD) para a realização das suas pesquisas.

O objetivo da parceria é desenvolver projetos de pesquisa na área da gestão energética, por meio de um sistema para monitoramento e análise antecipada da evasão das unidades consumidoras da rede de distribuição e seus impactos econômicos e financeiros decorrentes da expansão da geração distribuída nas concessionárias de energia elétrica. O projeto pode ser utilizado em todas as distribuidoras de energia elétrica e sua aplicabilidade será validada através de testes realizados em tempos pré-definidos, comparando previsões com observações reais.

Com a parceria, se espera que o projeto possa auxiliar na identificação de indicadores e na geração de informações relevantes que possam contribuir para as políticas públicas do setor elétrico.

 


Publicações Recentes