Ir para o conteúdo LAPAVET Ir para o menu LAPAVET Ir para a busca no site LAPAVET Ir para o rodapé LAPAVET
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Exames oferecidos

O laboratório de Parasitologia Veterinária presta diversos serviços para a comunidade de Santa Maria e Região. São realizados:

-Exame parasitológico de fezes de animais de companhia, animais silvestres e grande animais.

-Identificação de ácaros como sarnas e carrapatos.

-Identificação de insetos parasitos como larvas e adultos de moscas e mosquitos, piolhos e pulgas.

-Pesquisa e identificação de nematoides parasitos.

-Pesquisa e identificação de cestoides parasitos.

-Pesquisa e identificação de trematoides parasitos.

Pesquisa de protozoarios. 

-Biocarrapaticidograma.

-Pesquisa de parasitos em água e esgoto.

-Identificação de animais peçonhentos.

Folder com os valores. 

 

Como coletar e enviar corretamente o material para exame:

Carrapatos para Biocarrapaticidograma

Teste de Resistência do carrapato 

Procedimento:

1 – Número de carrapatos: 100 fêmeas ingurgitadas acondicionadas em vidro ou caixa limpos e secos

2 – Para teste de resistência remeter 20 fêmeas nas mesmas condições

3 – Tempo para chegar no laboratório: 1 dia após a coleta ou 3 dias deixando em geladeira 

4 – Remeter em caixas isotérmicas contendo gelo reciclável.

Exemplares de helmintos para identificação

Procedimento: 

Os nematódeos devem ser encaminhados em formol a 5% ou A.F.A.

Esfregaço sanguíneo

Procedimento

1-Coleta de sangue superficial do lóbulo de orelha ou ponta de cauda (não puncionar locais edematosos ou congestos).Recomenda-se realizar os esfregaços a campo (temp.ambiente entre 11ºC e 27ºC)

2-Limpar o local com álcool ou éter

3-Utilizar agulha ou lanceta para realizar a punção

4-Coletar a primeira gota

Preparo dos esfregaços:

1-Utilizar lâminas finas, limpas, secas e desengorduradas

2-Segurar a lâmina horizontalmente entre os dedos polegar e indicador

3-Colocar uma gota pequena de sangue na extremidade direita da lâmina

4-Com a outra mão, segurar outra lâmina (ou lamínula) contra o sangue formando um ângulo de 45º

5-Deslocar a lâmina da direita para a esquerda em um só movimento, firme, porém suave e uniforme, preservando o ângulo inicial entre as duas lâminas

6-Secar ao ar, agitando a lâmina. Enviar as lâminas identificadas individualmente e separadas por palitos. Embrulhar as lâminas em papel (sulfite, manteiga ou higiênico).

7-As amostras devem chegar ao laboratório no máximo em 24 horas.

  Órgãos para Pesquisa e Identificação de Helmintos

Procedimento

1 – As vísceras devem ser embaladas separadamente (pulmão, fígado, pâncreas, intestino delgado, intestino grosso, abomaso ou estômago). Os intestinos delgado e grosso como também o abomaso ou estômago devem ser enviados com as duas extremidades amarradas, para se evitar que o conteúdo de disperse.

2 – No caso de exames para cisticercose remeter língua e fragmentos de musculatura estriada que apresentem lesões

3 – Embalar os materiais separadamente em sacos plásticos ou frascos limpos e secos.

4 – Remeter em caixas isotérmicas contendo gelo reciclável

Fezes para exames parasitológicos

Procedimento

1 – Fezes colhidas preferencialmente diretamente da ampola retal, evitando-se assim contaminações do solo e urina.

2 – No caso de rebanhos, recomenda-se colher amostras de 10% dos animais, levando-se em conta as diferentes faixas etárias. 

As fezes devem ser colocadas em frascos de vidro ou plástico, limpos, secos, de boca larga e com tampa. 

Pode-se usar também sacos plásticos, que geralmente são utilizados como luvas durante a colheita das fezes. As amostras devem ser identificadas com etiquetas. 

Volumes de fezes necessárias para a realização dos exames coproparasitológicos: 

– Bovídeos: 100 g

– Ovinos e caprinos: 20 a 40 cíbalas

– Eqüinos: 2 a 3 cíbalas

-Suínos: 40 g

 As amostras devem ser remetidas em caixa de isopor contendo gelo reciclável , chegando ao laboratório no máximo em 48 horas.

Exemplares de Artrópodes

Procedimento: 

Encaminhar os insetos e/ou ácaros vivos ou  conservados em álcool 70%.

Água e esgoto

Coletar a agua da torneira ou resíduo de esgoto em garrafa pet de 500ml. Enviar no mesmo dia ou manter em refrigeração e enviar em até 48 horas.

Raspado de pele

Procedimento

1 – Limpar a região com álcool 70º 

2 – Fazer uma dobra na pele, colocar uma gota de óleo e com o uso de um bisturi (lâmina estéril) raspar a pele até a sua escoriação e pequeno sangramento.

3 – Colher amostras de várias regiões com lesões

4 – Recolher as amostras entre duas lâminas , vedar com filme plástico PVC.

5 – Remeter em temperatura ambiente

 Observar para que a colheita de material seja feita após a interrupção de qualquer tratamento por pelo menos 72 horas. Envio no máximo em 48 horas