Ir para o conteúdo Revista Arco Ir para o menu Revista Arco Ir para a busca no site Revista Arco Ir para o rodapé Revista Arco
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

10 obras que podem ser encontradas no novo Acervo Artístico da UFSM

A mostra de abertura, “Reavivando um Patrimônio”, conta com 36 obras e pode ser visitada pela comunidade



Com objetivo de manter viva a memória cultural da UFSM, o novo Acervo Artístico, localizado no prédio da Biblioteca Central, foi inaugurado em 2021. 

Fotografia horizontal e colorida de uma estrutura de madeira e metal em formato de gavetas verticais. São 12 gavetas, com puxador de metal cinza e preto, com letras do alfabeto coladas em cada uma. Uma das gavetas, à direita da imagem, está puxada para fora. Nela, um quadro de moldura escura está preso em uma estrutura de metal, no interior da gaveta, em branco.

O espaço dispõe de mais de 250 obras de artistas visuais brasileiros e estrangeiros, que estavam distribuídas em diversas salas da Administração Central. De acordo com a coordenadora de Cultura e Arte da Pró-Reitoria de Extensão e idealizadora do projeto, Vera Vianna, o novo espaço busca ampliar a vivência artística da comunidade, além de promover a recuperação e preservação do patrimônio cultural da Instituição. “Representa um grande passo em busca da valorização da arte, demonstra também a preocupação da UFSM em promover o debate, a reflexão artística e o papel da Universidade no incentivo e fomento à cultura na sociedade contemporânea”, ressalta a professora. 

 

A exposição de abertura, “Reavivando um Patrimônio”, conta com 36 obras com curadoria das professoras do Departamento de Artes Visuais Helga Corrêa e Talita Esquivel. A mostra busca dar visibilidade à produção de artistas que constituem parte do acervo artístico da Universidade. “O processo de conservação do patrimônio e da memória artística da UFSM é algo que nos impulsiona enquanto professoras e pesquisadoras da área de Artes Visuais”, ressaltam as curadoras. 

 

A Revista Arco preparou uma lista pra você conhecer 10 obras que estão disponíveis no Acervo Artístico da UFSM:

1- Iberê Camargo - Sem título, 1996. Serigrafia sobre papel

Fotografia horizontal e em tons de azul, preto, cinza e mostarda. É uma pintura de duas silhuetas de perfil em formatos abstratos e fluidos.

2- Sandra Lopes Knackfuss - Camobi 23, 1981 - Técnica mista sobre papel

Pintura horizontal e colorida em tons de marrom. A pintura retrata seis rostos de pessoas, a maioria com pele em tom de negro claro; vestem roupas na paleta marrom e amarelo pastel, e suas expressões faciais são de cansaço. Na parte superior esquerda da imagem, em caixa alta e marrom escuro, a palavra "Camobi". No canto inferior direito, o número "23".

3- Carlos Scliar - Tosquia, sem data. Serigrafia sobre papel

Ilustração quadrada e colorida em tons escuros, de um homem de pele negra, agachado sobre um tapete; ele está de cabeça baixa e segura uma tesoura verde nas mãos. Tem cabelos pretos, pele negra, camisa branca e calça marrom. O fundo é o chão marrom. A pintura é feita de cima.

4- Luiz Gonzaga Mello Gomes - Sem título, 1977. Tapeçaria

Fotografia de um bordado em tapeçaria vertical e colorido, com predominância dos tons azul e mostarda. No centro, em uma moldura oval e dourada, o rosto de uma mulher de pele escura, olhos verdes e cabelos grisalhos e presos. Na frente do retrato, uma caixa em formato horizontal, com corpo bege e tampa e base na cor mostarda; na tampa, ao centro, um coração vermelho. Do lado esquerdo da caixa, um vaso azul com detalhes e uma flor alta e amarela, com folhas verdes e caule azul escuro. Do lado direito da caiza, uma vela azul, alta, e com curvas arredondadas. O fundo é bege.

5- Alphonsus Benetti - Sem título, 1984. Pintura sobre eucatex

Fotografia horizontal e colorida em tons escuros de um quadro com pintura. No quadro, formas abstratas em tons de roxo, branco e bege, preto e verde musgo, marrom, azul escuro. O quadro tem moldura dourada. O fundo é branco.

6- Yeddo Titze - Sem título, 1987. Pintura com caneta hidrográfica sobre papel

Quadro vertical e colorido de uma pintura a caneta. No centro esquerdo, uma mulherde pele branca está em pé e segura quatro cachorros por uma guia. Ela veste vestido vermelho bordô, usa uma coroa dourada e segura uma varinha com estrela na ponta. Ao lado direito dela e da imagem, quatro cachorros em tamanho médio e pequeno, com pelagem em tons de marrom. Eles estão sobre um gramado verde. Acima, linha com bandeiras triangulares em rosa e cinza. Ao fundo, barraca de circo listrada em amarelo e vermelho, e uma paisagem de montanhas.

7- Juan Torres Amoretti - Sem título, 1980. Óleo sobre tela

Fotogragia vertical e em tons escuros de um quadro em pintura. O quadro tem moldura preta e grossa. A metade superior do quadro é escura. Na metade inferior, pernas de uma pessoa de pele branca, cruzadas, e que está sentada em uma cadeira com estofado bordô. A pessoa segura uma vara de anzol na mão, no qual está pendurado um inseto. Ao lado esquerdo da cadeira, um gato com pelagem bege e escura. No chão, algumas gramíneas. O fundo é uma parede branca.

8- José Armando de Almeida - Lúcusus é condenado ao nada. Da Série Danação, 1979. Xilogravura sobre papel

Xilogravura sobre papel, vertical, em tons de preto. O quadro tem moldura marrom e fina e está em uma parede branca. No centro inferior, quatro caixotes em diferentes posições, com algumas madeiras espalhadas ao redor. Sobre os caixotes, um pássaro e três gatos. Acima, armação de madeira em formato de "x", com estacas que a sustentam, e que segura uma pessoa embalada em uma espécie de tecido. Em uma das extremidades, é possível ver os pés. Na outra, uma espécie de cabeça e mão. O fundo é bege.

9- Silvio Perini Zamboni - Sem título, 1986. Óleo sobre madeira

Fotografia horizontal e colorida de uma pintura abrstrata. Ela é formada por uma infinidade e fios coloridos em formatos circulares, que se cruzam formand teias e nós. Entre as cores dos fios, há um padrão circular que leva ao centro. Os fios das extremidades são escuros, depois brancos, laranjas e amarelos, e, por mim, no centro, aproximam-se de um verde turquesa. O fundo é uma parede branca.

10- Jack Kovatch - Point Of View, 1984. Gravura em metal sobre papel

Gravura sobre papel, horizontal e em tons de bege, sépia e azul. Na pintura, esboço de três pessoas, formado pelo desenho do corpo sem detalhes, com destaque para o rosto, os cabelos e a expressão facial, que é séria. Há um homem e duas mulheres. A mulher da direita parece se apoiar em uma pedra. Na parte inferior, esboços de desenho de diferentes pedras.

Participantes da organização da exposição:

– Curadoria da exposição: professoras Helga Corrêa e Talita Esquivel

– Expografia: Aracy Colvero

– Assistência técnica e montagem da exposição: Rafael Lesses da Silva, Flávia Queiroz Pereira de Jesus, Aline Zanelatto Dal Pont, Gabriela de Oliveira Novaczinski e Antonio Junior

A mostra está aberta à visitação presencial até fevereiro de 2022. É necessário agendamento prévio pelo e-mail: acervoartistico@ufsm.br

Expediente

Reportagem: Caroline de Souza, acadêmica de Jornalismo e voluntária

Créditos das imagens: Rafael Happke

Design Gráfico: Noam Wurzel, acadêmico de Desenho Industrial e bolsista

Mídia Social: Eloíze Moraes, acadêmica de Jornalismo e bolsista; Caroline de Souza, acadêmica de Jornalismo e voluntária; Alice Santos, acadêmica de Jornalismo e voluntária; Rebeca Kroll, acadêmica de Jornalismo e voluntária; e Martina Pozzebon, acadêmica de Jornalismo e estagiária

Edição de Produção: Samara Wobeto, acadêmica de Jornalismo e bolsista

Edição Geral: Luciane Treulieb e Maurício Dias, jornalistas

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-601-8829

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes