Ir para o conteúdo Revista Arco Ir para o menu Revista Arco Ir para a busca no site Revista Arco Ir para o rodapé Revista Arco
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

A arte de desenhar o conhecimento



Com o objetivo de proporcionar noções de cultura e conhecimento para crianças através da arte, o projeto “Experienciando o Desenho” da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) trabalha em parceria com escolas de ensino fundamental da cidade gaúcha.

O projeto de extensão visa levar os acadêmicos de Licenciatura em Artes da universidade para a prática em sala de aula. Através de oficinas de cerâmica, artes plásticas, fotografia, dança, música e teatro, os integrantes do grupo ministram aulas em escolas como a de Ensino Fundamental José Brusque Filho e o Centro Integrado de Educação Pública – Escola Estadual Osmar da Rocha Grafulha, que estão cadastradas no Programa Arte, Inclusão e Cidadania do Centro de Artes da UFPEL.

A partir de poesia, histórias contadas e desenhos, os alunos exploram o corpo como objeto de investigação. A coordenadora do projeto e professora do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFPEL, Nadia da Cruz Senna, explica como o trabalho é realizado:“Propomos ações centradas na experimentação com materiais diferenciados, nas relações de espaço e tempo, estudos com destaque para obra de determinados artistas gráficos.”

Com relação à experiência profissional adquirida durante o projeto, o ex-integrante e licenciado em Artes Jailson Valentim dos Santos comenta: ”Esse projeto foi, na verdade, quem me (des) formou na prática. Foi ele quem me deu a experiência prática da docência, quem me ensinou a transgredir, a buscar soluções para problemas quanto à escolha de conteúdo, (in)disciplina em sala de aula, de conquista e adesão de crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social para uma proposta de educação sensível.”

Ao longo dos cinco anos de existência, a iniciativa tem estimulado os alunos participantes a ampliarem seus conhecimentos, trabalharem a coletividade e a expressão da sensibilidade através da arte.

PROJETO: RELAÇÃO DE CONFIANÇA COM A COMUNIDADE

Desde 2010, o projeto “Experienciando o Desenho” visa um trabalho de desenvolvimento mútuo com a comunidade. Em seu início, enfrentou algumas dificuldades na sua aplicação em âmbito escolar.

“É importante salientar que primeiro enfrentamos problemas com a direção da escola. Mas esse foi um fato compreensivo, pois era comum estudiosos das universidades irem à escola, se certificarem do óbvio- seus inúmeros problemas- e publicarem seus artigos, sem nada contribuir para a melhoria da situação na instituição de ensino.”, argumenta Santos sobre a aceitação do projeto na primeira escola.

Uma parceria que aproxima a universidade à comunidade pode ser o estímulo para que a teoria seja colocada em prática. No caso do projeto Experienciando o Desenho, aquele que hoje aprende amanhã poderá ensinar.

_delimiter_Repórteres: Ariane Teixeira de Lima e Eduardo Molinar
Foto: Nadia Senna


Publicações Recentes