Ir para o conteúdo Agência Da Hora Ir para o menu Agência Da Hora Ir para a busca no site Agência Da Hora Ir para o rodapé Agência Da Hora
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

O Raio-X do Clássico



Equipe de Seberi tem vantagem em clássicos contra o Guarani-FW

Pela BR-386, aproximadamente 20 quilômetros separam ‘as casas’ do Guarani Futsal de Frederico Westphalen e da AFUCS de Seberi, o Ginásio do Itapagé e o Ginásio Municipal de Esportes Luiz Julio Gemelli vêm sendo palco de embates memoráveis entre as equipes regionais de Futsal.

Desde 2018, pela Série Bronze de Futsal, as equipes vizinhas se deslancharam no futsal profissional e realizaram a final deste campeonato. Há quatro anos atrás as equipes jogaram entre si duas vezes na etapa classificatória do certame e mais duas vezes no arremate. O Guarani Futsal venceu duas vezes, sendo uma vitória da Afucs e outro empate. Foram 16 gols para cada lado nos confrontos daquele ano, ’16+1′ pro verdão Frederiquense, marcando na prorrogação do jogo da volta em Seberi, com gol decretante do título anotado pelo frederiquense Douglinhas.

Em 2019, já pela Liga Gaúcha de Futsal 2, a AFUCS teve vantagem vencendo um jogo e anotando 9 gols no clássico, sendo que o Guarani perdeu jogando fora de casa e empatou em FW, marcando 7 vezes contra o arco seberiense.

A equipe do Guarani Futsal ficando com a terceira colocação do campeonato em 2019 e a AFUCS em quinto, jogariam a primeira divisão da Liga Gaúcha de Futsal em 2020. Devido a pandemia da Covid-19 naquele ano, os jogos iniciaram em setembro. No clássico, na primeira rodada da competição, em Seberi, a AFUCS superou pelo placar de 4 a 3 o Verdão Frederiquense.

Naquele ano, mesmo com a pandemia, a equipe seberiense fora longe na competição, superando o Atlântico nas quartas de final e caindo nas semifinais para a ACBF de Carlos Barbosa. O Guarani Futsal teve sua pior colocação na Liga Gaúcha naquele ano, com a nona e última colocação ficando de fora do mata-mata do certame.

No ano passado, por estarem em chaves opostas na Liga Gaúcha Série A de Futsal, não houve o clássico pelo campeonato. O Guarani Futsal avançou apenas até as oitavas de final do certame, quando ficou pelo caminho, sendo superado pelo Uruguaianense. A AFUCS obteve apenas a oitava colocação no seu grupo naquela ocasião.

Em números, são três vitórias da AFUCS, duas vitórias do Guarani e dois empates. Foram anotados 27 gols pelo bugre e 29 gols pela AFUCS.

FOTOS: Andre Santos/Arquivo

Capitães: Halison/Maki. A sensação de jogar o clássico regional:

Para o camisa 13 e ala-pivô Halison, capitão do verdão frederiquense em 2022, jogar o clássico contra a AFUCS trata-se de um sentimento sem igual. O atleta defende o alviverde desde 2018. “A sensação é muito boa, um clássico regional que não só mobiliza a região toda, como o estado todo! Ficam todos querendo assistir por conta de ser um clássico que sempre é bem disputado e decidido nos detalhes, ginásio cheio, sensação única mesmo!”, expressou Halison.

O capitão da equipe de Seberi, que veste a camisa 7 da AFUCS Macsuel Netz, o ‘Maki’, relatou tratar-se de um jogo de muita importância. “Jogar clássico é sempre bom, todo jogador grande gosta de jogos grandes, esse é um deles. É o jogo com maior importância para o torcedor e nós temos a responsabilidade de levar isso para dentro de quadra e buscar a vitória”, revelou o ala seberiense.

2022: o clássico agora é outro

Após sete clássicos (entre Série Bronze e jogos da Liga Gaúcha), os dois times voltam a se enfrentar em Frederico Westphalen, pela sexta rodada do Gauchão Série A, neste sábado, 9, o Guarani Futsal recebe a AFUCS no Ginásio do Itapagé às 19h. O Guarani tenta voltar a vencer na competição e a AFUCS continuar a somar pontos.

 

Texto: André Santos
Revisão: Luciana Carvalho

 

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-825-674

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes