Ir para o conteúdo Íntegra Ir para o menu Íntegra Ir para a busca no site Íntegra Ir para o rodapé Íntegra
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Por iniciativa de aluno, projeto de tecnologia ambiental continua seu andamento durante a pandemia do COVID-19

O projeto “Respostas fisiológicas de espécies nativas e exóticas submetidas a estresses abióticos”, orientado pela professora Hilda Hildebrand na UFSM-FW, está em funcionamento por iniciativa do aluno Fabio Rangel.



Fabio Rangel, formando de Engenharia Florestal na UFSM-FW, continua indo à
Universidade para não cancelar experimento relacionado ao seu TCC.

Por Caroline Siqueira Duarte Ferreira da Silva
Pela disciplina de Redação Jornalística I
Orientado pela professora Andréa Weber.

Experimento do projeto, “Respostas fisiológicas de espécies nativas e exóticas submetidas a
estresses abióticos”, orientado pela Profa. Hilda Hildebrand Soriani precisa de manutenção para gerar resultados conclusivos. Então, aluno e orientadora vão quinzenalmente para as estufas da Universidade, fazer as avaliações do experimento que trata sobre o uso de pó-de-rocha e nutrição de espécies arbóreas nativas. Ambos tomando todas as medidas sanitárias necessárias durante esse período de pandemia – como uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento entre eles e os outros funcionários da UFSM-FW –.

O projeto que lida diretamente com plantas, não pôde manter todas as suas ações ativas: “As ações foram prejudicadas pelo isolamento, pois o cuidado com as plantas deve ser diário se possível, para que não ocorra o aparecimento de doenças, morte de plantas, e eventos que possam prejudicar o experimento se não corrigido rapidamente. Outros dois experimentos em fase de instalação foram cancelados quando houve o cancelamento das atividades presenciais e estão à espera do retorno destas.”, diz Hildebrand.

“Como a situação é muito atípica e fora de nosso controle, a única coisa a fazer é nos cuidarmos e aos nossos. Sempre poderemos ‘correr atrás do prejuízo’ em se tratando do conhecimento, e, talvez, na volta daremos mais valor às coisas simples e tão necessárias da vida, como um olhar carinhoso, um abraço que conforta, uma palavra que acalma, a companhia dos verdadeiros amigos e até a dos desafetos”, finaliza a professora Hilda Hildebrand.

PROJETO DE TECNOLOGIA AMBIENTAL MANTÉM APENAS UM EXPERIMENTO ATIVO DURANTE A PANDEMIA DO COVID-19

O projeto “Respostas fisiológicas de espécies nativas e exóticas submetidas a estresses abióticos”, orientado pela professora Hilda Hildebrand na UFSM-FW, está em funcionamento por iniciativa do aluno Fabio Rangel. Este possui um experimento no projeto que é essencial para o seu TCC, sobre o uso de pó-de-rocha e nutrição de espécies arbóreas nativas. Então, aluno e orientadora Hilda Hildebrand, vão quinzenalmente às estufas da Universidade, fazer as avaliações do experimento. Ambos tomam todas as medidas sanitárias necessárias durante esse período de pandemia – como uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento entre eles e os outros funcionários da UFSM-FW –. Os outros experimentos estão cancelados até o retorno das aulas presenciais.

Íntegra – Agência Experimental de Comunicação – Laboratório didático do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria campus Frederico Westphalen.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes