Ir para o conteúdo Íntegra Ir para o menu Íntegra Ir para a busca no site Íntegra Ir para o rodapé Íntegra
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

COVID-19 prejudica desenvolvimento do projeto “Conservação e cultivo da erva-mate em pequenas propriedades rurais da microrregião de Frederico Westphalen”



Avanço da pandemia causa atraso no cronograma do projeto de extensão

Por Camila S. Oliveira
Pela disciplina de Redação Jornalística I.
Orientado pela professora Andréa Weber.

A perda da época ideal para a coleta de material necessário e a suspensão no desenvolvimento das práticas presenciais com alunos do curso de Engenharia Florestal são alguns dos prejuízos observados, em decorrência do avanço da pandemia da COVID-19. O projeto passa, agora, por readequação de metodologias, visando garantir sua continuidade e a segurança dos envolvidos.

Nilton César Mantovani, professor coordenador do projeto de extensão, conta que as medidas possíveis estão sendo tomadas, com o envolvimento dos discentes apenas em atividades realizadas via internet e com coletas de material nas propriedades rurais feitas somente pelo professor. Informa ainda que “dependerá o futuro do projeto da evolução do quadro de pandemia nesta região e das tomadas de decisões do governo federal em relação ao magistério público federal.”

O projeto tem como um dos objetivos viabilizar aos pequenos proprietários rurais uma fonte de renda extra, com a possibilidade de venda de sementes e mudas de qualidade superior. Com atrasos no cronograma e prorrogação de prazos para a execução de metas definidas, Mantovani relata que “a cadeia produtiva da erva-mate sofrerá bastante e terá um recuo na sua evolução, porém, continuará, pois, a erva-mate tem sido utilizada para muitos fins, além do chimarrão e, por isso, a demanda por matéria-prima de melhor qualidade continuará”.

Projeto segue em andamento, com adaptações necessárias em meio à pandemia do novo coronavírus

Com o trabalho de campo sendo realizado exclusivamente pelo professor coordenador, Nilton César Mantovani, projeto “Conservação e cultivo da erva-mate em pequenas propriedades rurais da microrregião de Frederico Westphalen” permanece em andamento. A dificuldade de coleta de material vegetal a campo e a impossibilidade de contato direto com produtores de erva-mate no interior do RS, são desafios trazidos pela pandemia da COVID-19. Para contornar essas adversidades, o coordenador do projeto atua em um número menor de propriedades rurais do que foram previamente definidas, envolvendo estudantes participantes do projeto apenas em atividades desenvolvidas pela internet.

Íntegra – Agência Experimental de Comunicação – Laboratório didático do Departamento de Ciências da Comunicação

Publicações Recentes