Ir para o conteúdo O QI Ir para o menu O QI Ir para a busca no site O QI Ir para o rodapé O QI
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Resgate da memória da Revista

Desde seu nascimento, a revista O QI – Revista Científica do Curso de Produção Editorial da UFSM tem como objetivo ser um produto informativo, atual e de construção conjunta, onde os leitores também são autores. Ao longo dos dez anos de publicação, diversos artigos, entrevistas, poemas, resenhas e obras do gênero foram publicadas de acordo com a temática vigente no momento.

Em 2010, o curso de Produção Editorial estava nascendo na FACOS e os então graduandos careciam de laboratórios para praticar o que aprendiam em sala de aula. E assim surge o Laboratório de Pesquisa e Produção de Publicações Científicas (PUBLICA), um espaço para a experimentação de projetos editoriais, atrelado à disciplina de Projeto Experimental em Revistas Científicas, ministrada pela Profª Cláudia Bomfá.

Após a capacitação dos alunos nas práticas editoriais e desenvolvimento do projeto editorial e gráfico, surge, em 2011, a revista O QI com a participação da primeira turma do curso de Produção Editorial, da qual fizeram parte os alunos: Vinícius de Souza Rodrigues, Andrei Lopes, Angela Madalozzo, Alessandra Noal, Henrique Denis Luca e Vivian Jorge, hoje produtores editoriais, sob orientação da Profª Drª Cláudia Bomfá.

Sua primeira edição foi lançada em 2012 no Gabinete de Leituras da FACOS, intitulada “O nascimento da Produção Editorial: o autor, o editor e as novas”, focada no mercado editorial, uma temática relativamente nova, quando o curso de Produção Editorial ainda era novo na Universidade e muitos estudantes estavam envoltos em questionamentos a respeito do mercado editorial, suas plataformas e suportes, eventos e diversidade de leitores.

Um ano depois, no segundo semestre de 2013, a 2ª edição da O QI é lançada. A linha editorial deste número apresenta convergência com as práticas de gestão e concepção de produtos editoriais, tratando-se questões pertinentes à autoria, ilustração, suportes, diversidade de leitores e eventos da área editorial. Nesse mesmo ano, a O QI apresentou a versão online da 1ª edição da revista para seus leitores.

A 3ª edição da revista, de 2014, já começa a contar com assuntos de outras áreas, com a temática “Bibliodiversidade e a Produção Editorial no Brasil”, abordando temas como Fanfic, Comunicação da Feira do Livro de Santa Maria, matéria sobre a primeira edição do Editasul e mais.

A 4ª Edição da revista foi lançada em 9 de novembro de 2015, no Dia de PE, e a temática abordada foi “mídias e práticas de consumo do universo GEEK”, que, além de explorar a cultura geek em diversos meios (como jogos, cinema, livros e séries de TV), também abriu espaço para artigos livres, relacionados ao campo da Produção Editorial. A primorosa edição ainda conta com as ilustrações de Polin Moreira e Bárbara Toniolo.

Já em outubro de 2016, a equipe da O QI preparou uma 5ª edição repleta de novidades, lançada no EDITASUL – II Fórum de Produção Editorial: Conexões e Experiências, realizado pelo curso de Produção Editorial. Com artigos escritos por acadêmicos e docentes da Comunicação, reportagens e entrevistas especiais, a temática escolhida foi “Diversidade em seus aspectos sob o olhar cultural, étnico, sexual, gênero; acessibilidade e inclusão social”, e que, como a edição anterior, também contou com artigos livres de áreas afins.

Seis meses antes do lançamento da 5ª edição, em abril, a revista cobriu o evento “1º ciclo de estudos – O profissional do livro e o mercado editorial”, em uma parceria entre os cursos de Produção Editorial e Letras. Além disso, no dia 28 do mesmo mês, a equipe acompanhou a Aula Inaugural do Curso de Produção Editorial, marcada pela participação especial de Waldemar Garcia Carvalho Jr., presidente do Clube de Editores do Rio Grande do Sul e gerente comercial da Editora Concórdia, que apresentou um panorama do cenário do mercado gaúcho na época.

Em 24 de outubro do ano seguinte, 2017, com uma nova equipe à sua frente, a O QI desenvolveu em sua 6ª edição a temática “Produção Cultural Independente”, com a proposta de reflexão sobre o potencial do mercado e os desafios enfrentados por ele em seus diversos formatos e vertentes. Nos artigos publicados, o tema explora o âmbito cultural, artístico e o campo editorial, dentre os quais feiras, eventos, cinema, teatro, música, dança, livros, revistas e demais publicações.

Vale destacar que em maio do mesmo ano a revista mais uma vez marcou presença na Feira do Livro de Santa Maria. A coordenadora da O QI, Cláudia Bomfá, concedeu ao programa Universo da Leitura, transmitido ao vivo, uma entrevista para divulgar o trabalho tão dedicado da nossa revista.

Resgatando a trajetória da revista acadêmica de produção editorial O QI,  em 2018, contemplou o tema “Mix cultural”. Que englobou trabalhos sobre a diversidade cultural com relação a gênero, identidade, política, cultura, ciência, saúde e educação.

Nesse mesmo ano, a revista esteve presente na feira do livro de Santa Maria,  onde perguntou para o público da feira o que elas entendem por Cultura, e a conclusão que chegaram é que: a cultura é muito mais abrangente do que pensamos.

Também, passou a integrar o sistema de classificação de periódicos Qualis, deixando de ser experimental e passando a se chamar O QI: Revista Científica do curso de Comunicação Social – Produção Editorial da UFSM. A revista O QI foi classificada no estrato Qualis C.

O lançamento da 7ª Edição ocorreu durante o 3º Edita Sul. Vale ressaltar, que nesta edição o artigo Anastácia: etapas de produção do curta-metragem, foi classificado para etapa Regional Sul da XXV Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação. Cujo autores são: João Vitor S. Bitencourt e Marcos Amaral de Oliveira.

Equipe editorial da 7ª Edição da Revista O QI.

Com o dossiê temático: “Brasileirissimo: identidade em forma e cores” a oitava edição da Revista O QI, no ano de 2019 nasce. Nesta edição, esteve presente trabalhos que contemplassem a diversidade da identidade brasileira nos diversos meios. Do cinema à música. Da TV ao rádio. Da literatura à ciência. Ainda, esta edição contou com a participação de Lucas Pereira Elias, ilustrador de todas as lindas artes presentes.

Cabe relembrar, que na feira do livro do mesmo ano, promoveu no estande da UFSM,  uma ação de Cartoon Coletivo, com tema Brasilidade. Ainda, com muito orgulho, nesse período, a revista obteve reconhecimento pelo Comitê Editorial (PRPGP), para ingressar no Portal de Periódicos da UFSM. Dessa forma, a partir desta conquista,  todos os exemplares 2011-2018 migraram para o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), o qual possibilitou maior visibilidade às publicações, bem como projetar o periódico nacional e internacionalmente. Assim, o volume 8, 2019 foi lançado online, na plataforma SEER e em publicação impressa.

Equipe editorial da 8ª edição da Revista O QI.

Em clima de festa, surge a 9º edição da Revista O QI: Estudos em Comunicação e Produção Multimidiática. Uma  edição comemorativa de 10 anos do curso de Produção Editorial e os diversos rumos dessa área. A chamada de trabalhos, deste ano, recebeu  relatos que contemplem a área da Produção editorial e a sua diversidade em diferentes meios, com o dossiê temático: “Produção Editorial em um contexto de inovação”. Destacando nesse volume, o artigo Omens: A velha e infinita questão da moralidade, foi apresentado o resumo expandido na 34ª Jornada Acadêmica Integrada da UFSM. Com autoria de  Renata Santos Costa, Linda Messias Guzman e Elisângela Cardoso Machado Mortari.

 Ainda, com muita alegria, a 8ª Edição da O QI- Revista Experimental do Curso de Produção Editorial UFSM obteve premiação no Expocom 2020 – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação da Intercom, com o audiovisual institucional intitulado “Brasileiríssimo”. O audiovisual, que apresenta o dossiê temático da edição 2019 foi produzido pelos egressos do curso de Produção Editorial Isabela Balduino, Julia Gomes, Marcos Oliveira, Marcos Marin e Camila Veloso, como iniciativa para a promoção da visibilidade da revista.

Equipe editorial da 9ª edição da Revista O QI.

Somos gratos a todos que participaram da trajetória da revista que a cada ano inova, e agora próximo a nossa 10° edição.  Felizes com os 198 autores diferentes que já escreveram e foram publicados na revista. Por fim, estamos também animados com todos que futuramente também irão fazer parte da memória da O QI.