Ir para o conteúdo CAED Ir para o menu CAED Ir para a busca no site CAED Ir para o rodapé CAED
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Em tempos de isolamento social



Neste momento em que o isolamento social se faz necessário, é importante calma e adaptação à nova rotina. Sobre isso, CLIQUE AQUI e dê uma olhadinha em algumas dicas.

Texto das imagens: Imagem 1 – ISOLAMENTO SOCIAL – nova rotina básica – sem culpa! Siga @Dilemas da Ivana
Imagem 2- Já que agora vamos ficar em casa, finalmente vou poder ler os 38 livros que comprei nos últimos tempos, fazer 2 lives de yoga que estão rolando no Instagram, arrumar TODAS as gavetas aqui de casa…
Imagem 3 – Responder 67 e-mails do trabalho, ler TODAS as notícias do Corona em primeira mão, brincar mais com meu filho, fazer uns cursos online…
Imagem 4 – Mas então por que eu não estou conseguindo?!
Imagem 5 – Pois é, porque é aí que mora o perigo… é justamente pela “liberdade” de poder fazer qualquer coisa que começamos a ficar ansiosos e perdidos…
Imagem 6 – Pois esquecemos que, além do trabalho, tem todas as outras atividades domésticas que precisamos executar em família ou sozinhos (pra quem mora sozinho). Por isso, nesses primeiros dias de quarentena, talvez seja o momento de você primeiro valorizar e comemorar as atividades BÁSICAS.
Imagem 7 – Cozinhar, lavar a louça, lavar, estender e dobrar a roupa, arrumar a cama, dar atenção ao filho, e etc. Fazer ALGUMAS coisas dessa lista já é uma GRANDE coisa! Aliás, além de grandes são muitas! Então precisam ser divididas com os ocupantes da casa.
Imagem 8 – Mas Ivana, quando eu terei tempo pra mim? Calma, primeiro vamos tentar achar uma nova rotina básica… e assim que tudo estiver funcionando melhor, inserimos uma segunda camada com atividades mais complexas.
Imagem 9 – Não se culpe por não estar conseguindo fazer isso agora. Na verdade, você já está fazendo muito. Na quarentena – mas, um dia de cada vez.
Imagem 10 – E um agradecimento a todos os profissionais da saúde e empatia por aqueles que infelizmente não tem o privilégio de se ausentar do trabalho.


Publicações Recentes