Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Dicas

Navegando de Forma Segura

 

Acostume-se a sempre digitar manualmente no seu navegadora endereço (URL) do seu banco.

Em acessos a páginas da Internet que peçam login e senha, sempre verifique a presença do cadeado fechado no canto inferior direito do seu navegador.

Aprenda como funcionam os certificados digitais no seu navegador: http://cartilha.cert.br/conceitos/sec9.html

Desative a execução de Java, Javascript, ActiveX, pop-ups e o recebimento de cookies no seu navegador. Ative a execução destes somente para sitos confiáveis.

Não divulgue informações pessoais como telefone ou endereço em redes sociais ou mesmo em comunicadores instantâneos.

Não acesse páginas bancárias ou que necessitem de informações confidenciais a partir de computadores não confiáveis.

Habilite a verificação de phishing no seu navegador e instale ferramentas que ajudem a verificar confiabilidades das URLs acessadas, como Anti-Phishing Toolbar, da netCraft(toolbar.netcraft.com/).

 

 


 

 

Mantendo seu Micro Seguro

 

Utilize urn anti-vírus e anti-spy-ware atualizados diariamente, bem como um firewall pessoal.

 

Atualize rotineiramente seu sis-tema operacional e aplicativos.

 

Instale as correções de segurança disponibilizadas pelos fabricantes dos programas que você utiliza.

 

Desabilite compartilhamentos e serviços que você não utiliza no micro.

 

Utilize sempre software original.


 

Senhas: Como escolhê-las? 

Não utilize senhas baseadas em informações pessoais, sequências de números (123456) ou palavras de dicionários.

 

Construa senhas baseadas em frases misturando letras, números e caracteres especiais: Frase: “Segurança.*é*.importante! Senha: S..e*.i!

 

Caso desconfie que sua senha foi violada, modifique-a imediatamente.


 

Utilizando Redes Sem Fio

 

Utilize WPA/WPA2 sempre que possível.

 

Tente obter informações sobre o SSID da rede que pretende acessar antes de conectar-se.

 

Em redes Wi-Fi públicas, evite acessar sites de bancos, webmails ou outros que necessitem de informações pessoais

Lembre-se que, em redes abertas (sem segurança), o tráfego não é protegido. Ou seja, todos os acessos à Internet podem ser capturados por terceiros.

 

Não crie conexões Ad-hoc [micro-a-micro) com computadores que você não conhece.

 

Desabilite sempre o Bluetooth ou Infravermelho de seus aparelhos Raptop, celular, PDAI quando não estiver usando tais serviços.


 

Lidando com e-mails

Jamais clique em programas recebidos por e-mail cuja origem você desconhece.

 

Verifique com anti-vírus atualizado os arquivos recebidos por e-mail antes de abri-los.

 

Habilite os filtros anti-spam e anti-vírus do seu webrnail [muitos provedores hoje fornecem estes serviços].

A menos que você solicite, bancos nunca entram em contato com clientes através de e-mail, muito menos operadoras de cartões de crédito.

 

Desconfie de todas as mensagens recebidas por e-mail cujo conteúdo solicite informações ou atualizações de dados pessoais.

 

Não dique em URLs de bancos recebidas por e-mail. Elas normalmente direcionam usuários para sites fraudulentos.


 

Desconfiou? Denuncie!

Caso note diferenças, mesmo que sutis, no acesso pela Internet ao seu banco, entre em contato imediatamente com sua agência.

 

Envie possíveis e-mails de Phishing Scarn [fraude) que você venha a receber para agrupo de segurança da instituição envolvida.

 

Em caso de dúvidas sobre como proceder, contate sempre o grupo de segurança da instituição/empresa envolvida.


 

Glossário:

Firewall: Ferramenta cuja finalidade é filtrar o tráfego de rede que entra e sai do sistema.

URL: Uniform Resource Locator. É o endereço de um recurso (site, arquivo, etc) disponível na rede. Exemplos comuns de URL são endereços de internet do tipo http://www.rnp.br.

IRC: Internet Relay Chat é urna forma de comunicador instantâneo, no qual os usuários se encontram dentro de canais Isalas de bate-papo) para conversar.

Malware: Todo tipo de programa cuja finalidade é executar alguma atividade maliciosa ou não solicitada pelo usuário.

Phishing Scam: Golpe de engenharia social no qual o usuário é induzido a acossar páginas falsas na Internet e a fornecer dados sigilosos para golpistas.

Spywares: Programas instalados no sistema sem o consentimento do usuário, cuja finalidade é capturar informações pessoais, fazer propaganda ou mesmo oferecer serviços.

SSID: Service Set Identifier é uma sequência de letras ou números utilizada como nome de uma rede sem fio.

 

WEP: Wired Equivalency Privacy. Trata-se de um protocolo de segurança para redes sem fio, mas com vulnerabilidades conhecidas.

WPA: Wi-Fi Protected Access. É um outro padrão de segurança para redes sem fio, mais seguro que o WEP.

WPA2: É o protocolo mais seguro para redes sem fio atualmente, sendo recomendada sua utilização.