Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 032 Exposição Feira Agropecuária de Santa Maria



Fotografia quadrada em preto e branco de três ovinos com rosetas de premiação e três homens ao sol. Ao centro, sobre gramado, os ovinos em fila, de perfil, virados à direita, com a lã bem espessa, três rosetas na lateral próximo ao dorso e uma placa acima da pata dianteira com os números 129, 130 e 128 em sequência. Atrás dos ovinos, os homens, de frente, morenos, usam chapéu que sombreia os olhos e cada um segura uma corda presa ao pescoço do ovino. O homem da esquerda, veste jaqueta clara abotoada até o pescoço e calça escura. O do centro, tem bigode, lenço no pescoço, veste camisa clara, calça escura e calçado claro. O da direita, usa lenço, veste camisa com manga dobrada na altura do cotovelo, bombacha clara e botas pretas. Ao fundo, céu claro e, à esquerda, um galpão claro com telhado arredondado, dois homens e outro prédio. À direita, a parte traseira de um carro e de um caminhão com carroceria em madeira e uma lona sobreposta e árvores.

A cidade de Santa Maria já era destacada pela imprensa gaúcha como “mais um grande centro de promoção da economia rural do Rio Grande”, quando assinado o primeiro convênio entre a Associação Rural e a Universidade Federal de Santa Maria, por meio do Instituto de Estudos e Pesquisas Econômicas (IEPE), em 1965, com vistas a construção do parque de exposições.

A primeira Exposição Feira Agropecuária de Santa Maria foi realizada em setembro de 1968 no Parque de Exposições Agroindustrial da UFSM, somando um total de 480 animais, atraindo expositores e compradores dos mais diversos locais do Estado. O Instituto de Zootecnia da UFSM selecionou 10 terneiros de uma criação de bezerros puros de pedigree, filhos e vacas de sua propriedade para serem expostos. Criação esta que objetivava obter animais de aprimorado padrão zootécnico pára distribuição a produtores da região e colaboração direta para a elevação da produtividade leiteira na zona central do Estado.

Com o passar do tempo, a Exposição Feira passou a atrair não só os compradores e expositores do ramo agropecuário, mas também concessionárias de veículos, máquinas e implementos agrícolas, vestuário, gastronomia, artesanato, entre outros ramos que divulgam a cultura local para os visitantes, tornando-se um dos principais pontos de projeção da agropecuária na região central do Rio Grande do Sul. Neste evento participam cabanhas expositoras de gado de corte e leite, aves ornamentais, ovinos, herbívoros, pequenos animais ruminantes, eqüinos e bubalinos.

Em 2015 a Expofeira chegou a sua 48ª edição, contando com cerca de 200 expositores. Estima-se que a exposição seja a segunda maior feira de agronegócios do Estado, sendo superada apenas pela Expointer. Nesta edição Santa Maria contou com diversas atrações do nativismo gaúcho, além de apreciar talentos regionais da música.

Texto: Aline Márcia Prade, Acadêmica do 7º semestre do Curso de Arquivologia da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada em preto e branco de três ovinos com rosetas de premiação e três homens ao sol. Ao centro, sobre gramado, os ovinos em fila, de perfil, virados à direita, com a lã bem espessa, três rosetas na lateral próximo ao dorso e uma placa acima da pata dianteira com os números 129, 130 e 128 em sequência. Atrás dos ovinos, os homens, de frente, morenos, usam chapéu que sombreia os olhos e cada um segura uma corda presa ao pescoço do ovino. O homem da esquerda, veste jaqueta clara abotoada até o pescoço e calça escura. O do centro, tem bigode, lenço no pescoço, veste camisa clara, calça escura e calçado claro. O da direita, usa lenço, veste camisa com manga dobrada na altura do cotovelo, bombacha clara e botas pretas. Ao fundo, céu claro e, à esquerda, um galpão claro com telhado arredondado, dois homens e outro prédio. À direita, a parte traseira de um carro e de um caminhão com carroceria em madeira e uma lona sobreposta e árvores.

Comissão de Audiodescrição da UFSM.

Artigo em Libras

Publicações Recentes