Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 050A Departamento Fotográfico da UFSM em 1958



Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada, em preto e branco, de dois homens junto a um equipamento fotográfico, em um ambiente interno. A imagem, focada da direita para a esquerda, tem um homem ao centro e o outro à direita, com ambos em pé e enquadrados da cintura para cima, e aproximadamente quarenta e cinco anos de idade. O homem ao centro, de frente e com o rosto voltado à esquerda, tem a pele branca, cabelo curto, escuro e parcialmente calvo, olhos pequenos e escuros, nariz longo e boca ligeiramente aberta. Ele veste terno escuro e liso e tem o antebraço sobre um equipamento fotográfico. O homem da direita, de perfil esquerdo, espreita algo com o olhar, à esquerda. Ele tem cabelo, sobrancelhas e bigode vistosos e escuros, rosto e bochechas redondos e veste terno escuro com listras verticais, finas e claras. A esquerda, o equipamento fotográfico, com aproximadamente um metro de altura, apoiado sobre o tampo de uma bancada que encontra-se em um canto de paredes a esquerda e ao fundo com altura na cintura dos homens. O pedestal do equipamento é composto por três bases quadrados de metal, com aproximadamente três centímetros de altura, empilhados sobre a bancada, sendo a base superior mais curta que as outras duas. Acima, uma tampa vazada (duas hastes verticais e duas horizontais, sendo a de cima à meia altura), presa na parte traseira da base superior, erguida e escorada em um cano vertical atrás do pedestal, junto à parede. Este cano, grosso e de metal e plástico escuros, tem altura superior aos homens. Na extremidade alta do cano conecta-se, em ângulo horizontal, outro cano, de plástico escuro, que sobrepõe-se ao pedestal. E na extremidade frontal deste cano há um suporte quadrado, abaixo do qual estão acopladas duas lentes fotográficas redondas, voltadas para baixo; e acima desse suporte, um objeto escuro em formato cilíndrico, idêntico a um botijão, com a cobertura arredondada. Na conexão do cano vertical e horizontal, saem ainda mais dois canos, igualmente de plástico escuro, levemente voltados para baixo. A bancada tem o tampo escuro e ao menos duas gavetas laterais e claras com puxadores metálicos na parte frontal. Sobre o tampo, também, um relógio de mesa com ponteiros, escuros. E as paredes, de azulejos quadrados, pequenos e claros, contendo uma tomada escura próximo ao equipamento fotográfico.

A produção do Arquivo Fotográfico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) iniciou já antes da sua fundação. O primeiro registro no acervo de imagens da instituição tem como assunto a visita de um professor ao Departamento Fotográfico, em fevereiro de 1958. Nesta época, o setor contava não só com equipamentos específicos para reprodução fotográfica, mas também com o primeiro microscópio eletrônico da Universidade, já que este tinha a tecnologia de fotografar o que era visto pelo microscópio. O fundador da universidade José Mariano da Rocha Filho estimulava os registros fotográficos que eram produzidos por fotógrafos contratados. O Departamento Fotográfico não está mais no organograma da UFSM e as fotografias produzidas estão hoje no Arquivo Fotográfico da UFSM, custodiadas pelo Departamento de Arquivo Geral.

Texto: Marcos Machado Paulo, Acadêmico do 3º semestre do Curso de Arquivologia da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada, em preto e branco, de dois homens junto a um equipamento fotográfico, em um ambiente interno. A imagem, focada da direita para a esquerda, tem um homem ao centro e o outro à direita, com ambos em pé e enquadrados da cintura para cima, e aproximadamente quarenta e cinco anos de idade. O homem ao centro, de frente e com o rosto voltado à esquerda, tem a pele branca, cabelo curto, escuro e parcialmente calvo, olhos pequenos e escuros, nariz longo e boca ligeiramente aberta. Ele veste terno escuro e liso e tem o antebraço sobre um equipamento fotográfico. O homem da direita, de perfil esquerdo, espreita algo com o olhar, à esquerda. Ele tem cabelo, sobrancelhas e bigode vistosos e escuros, rosto e bochechas redondos e veste terno escuro com listras verticais, finas e claras. A esquerda, o equipamento fotográfico, com aproximadamente um metro de altura, apoiado sobre o tampo de uma bancada que encontra-se em um canto de paredes a esquerda e ao fundo com altura na cintura dos homens. O pedestal do equipamento é composto por três bases quadrados de metal, com aproximadamente três centímetros de altura, empilhados sobre a bancada, sendo a base superior mais curta que as outras duas. Acima, uma tampa vazada (duas hastes verticais e duas horizontais, sendo a de cima à meia altura), presa na parte traseira da base superior, erguida e escorada em um cano vertical atrás do pedestal, junto à parede. Este cano, grosso e de metal e plástico escuros, tem altura superior aos homens. Na extremidade alta do cano conecta-se, em ângulo horizontal, outro cano, de plástico escuro, que sobrepõe-se ao pedestal. E na extremidade frontal deste cano há um suporte quadrado, abaixo do qual estão acopladas duas lentes fotográficas redondas, voltadas para baixo; e acima desse suporte, um objeto escuro em formato cilíndrico, idêntico a um botijão, com a cobertura arredondada. Na conexão do cano vertical e horizontal, saem ainda mais dois canos, igualmente de plástico escuro, levemente voltados para baixo. A bancada tem o tampo escuro e ao menos duas gavetas laterais e claras com puxadores metálicos na parte frontal. Sobre o tampo, também, um relógio de mesa com ponteiros, escuros. E as paredes, de azulejos quadrados, pequenos e claros, contendo uma tomada escura próximo ao equipamento fotográfico.

Audiodescritor roteirista: Cintia Pasa Lopes

Audiodescritor consultor: Cristian Evandro Sehnem



Publicações Recentes