Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 051 A Construção do Planetário da UFSM em 1970



Fotografia quadrada em preto e branco da construção de um prédio com a estrutura em forma de semiesfera, com homens trabalhando nele. Em primeiro plano, na borda inferior da fotografia, cinco troncos de árvores e uma caixa de madeira quadrada deitados ao chão. Logo após estes, uma cerca de madeira, com sete postes verticais, de meio metro de altura cada, sobre os quais está afixada uma tábua, na horizontal. No centro da foto está o prédio em construção, apenas com a armação de madeira sobre a qual será despejado o concreto. Essa armação tem a forma de cúpula, como uma esfera cortada ao meio e voltada para baixo. Mas o madeiramento da cúpula ainda está inacabado, a meia altura, e destacam-se as ripas de madeira, horizontais, que distribuirão a carga gerada pela cobertura, além de duas aberturas retangulares na parte frontal, onde serão as portas. À frente da construção há um estrado de madeira, horizontal,  ao longo de toda a foto, na altura de um metro do chão. Em frente a construção estão cinco homens trabalhando. O primeiro homem está em pé sobre o estrado. Tem pele escura, cabelo escuro, curto e liso, de calça clara arremangada, camisa clara aberta no peito, segura um balde e está inclinado à frente. O segundo está entre o prédio e o estrado, visível apenas da cintura para cima. Tem pele clara, usa chapéu e camisa clara de manga curta e segura um objeto sobre o estrado. O terceiro homem está à frente do estrado, usa calça escura, camisa clara de manga curta e observa o trabalho dos dois primeiros homens. Os outros dois homens estão à direita da foto, de costas, olhando para a construção. Ambos estão de calça escura, camisa clara de manga comprida e chapéu.

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), sendo a primeira universidade do interior do Brasil, ganha no seu ano de fundação o primeiro esboço do que viria a ser o Planetário da UFSM, desenhado em um guardanapo por Oscar Niemeyer, um dos maiores engenheiros do país e renomado internacionalmente. A UFSM foi a primeira universidade brasileira a possuir um planetário em sua sede campus. O projeto é do arquiteto Dr. Oscar Valdetaro, e a construção iniciou em 1969. A inauguração aconteceu em 1971 e a aparelhagem para início do funcionamento foi doada pelo Ministro da Educação e Cultura Tarso Dutra. No seu primeiro ano de funcionamento, 1972 foram realizadas 26 sessões, com público de 1472 pessoas e o programa apresentado foi Uma Viagem Através do Cosmos.

Texto: Vágner Fabris, Acadêmico do 5° Semestre do Curso de História da UFSM

Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada em preto e branco da construção de um prédio com a estrutura em forma de semiesfera, com homens trabalhando nele. Em primeiro plano, na borda inferior da fotografia, cinco troncos de árvores e uma caixa de madeira quadrada deitados ao chão. Logo após estes, uma cerca de madeira, com sete postes verticais, de meio metro de altura cada, sobre os quais está afixada uma tábua, na horizontal. No centro da foto está o prédio em construção, apenas com a armação de madeira sobre a qual será despejado o concreto. Essa armação tem a forma de cúpula, como uma esfera cortada ao meio e voltada para baixo. Mas o madeiramento da cúpula ainda está inacabado, a meia altura, e destacam-se as ripas de madeira, horizontais, que distribuirão a carga gerada pela cobertura, além de duas aberturas retangulares na parte frontal, onde serão as portas. À frente da construção há um estrado de madeira, horizontal,  ao longo de toda a foto, na altura de um metro do chão. Em frente a construção estão cinco homens trabalhando. O primeiro homem está em pé sobre o estrado. Tem pele escura, cabelo escuro, curto e liso, de calça clara arremangada, camisa clara aberta no peito, segura um balde e está inclinado à frente. O segundo está entre o prédio e o estrado, visível apenas da cintura para cima. Tem pele clara, usa chapéu e camisa clara de manga curta e segura um objeto sobre o estrado. O terceiro homem está à frente do estrado, usa calça escura, camisa clara de manga curta e observa o trabalho dos dois primeiros homens. Os outros dois homens estão à direita da foto, de costas, olhando para a construção. Ambos estão de calça escura, camisa clara de manga comprida e chapéu.

Audiodescritora roteirista: Cristina Strohschoen dos Santos

Audiodescritor consultor: Cristian Sehnem

Artigo em Libras


Publicações Recentes