Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 066 Estudantes Impedem a Entrada – Greve na UFSM em 1986



Fotografia horizontal em preto e branco, de pessoas bloqueando uma avenida com duas pistas, localizada em meio a um campo com vegetação rasteira e árvores. Na parte inferior da foto, o início da avenida com uma guarita circular localizada no canteiro central. Próximo a guarita, aproximadamente 14 pessoas.  A frente da guarita, centenas de pessoas bloqueiam as duas pistas da avenida. No campo à esquerda da avenida, centenas de pessoas próximas às árvores. Na pista da esquerda 3 carros estacionados. Na pista da direita, muitos carros estacionados e, ao lado, no campo, 7 pessoas e árvores ao longo do terreno. Na parte superior da foto, céu claro. Ao fundo, o final da avenida e um morro que ocupa praticamente toda a largura da fotografia.

Uma Greve Nacional de Servidores Universitários iniciou em outubro de 1986 cujo motivo era a Isonomia Salarial para docentes e funcionários das Universidades Autárquicas Federais, subordinando-as a reforma jurídica das instituições de ensino superior. Cerca de 80% dos servidores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) entraram em paralisação sob as reivindicações de equiparação salarial com as fundações e a implantação de um plano de cargos, além de funções para todos os serviços da universidade. Na metade do mês, discentes e servidores juntaram-se para protestar os direitos dos funcionários e um posicionamento frente à reitoria sobre o assunto, trancando a entrada da Universidade, impedindo a entrada e a saída do Campus.

Texto: Émilie Palhano, Acadêmica do 2°semestre do Curso de História da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal em preto e branco, de pessoas bloqueando uma avenida com duas pistas, localizada em meio a um campo com vegetação rasteira e árvores. Na parte inferior da foto, o início da avenida com uma guarita circular localizada no canteiro central. Próximo a guarita, aproximadamente 14 pessoas.  A frente da guarita, centenas de pessoas bloqueiam as duas pistas da avenida. No campo à esquerda da avenida, centenas de pessoas próximas às árvores. Na pista da esquerda 3 carros estacionados. Na pista da direita, muitos carros estacionados e, ao lado, no campo, 7 pessoas e árvores ao longo do terreno. Na parte superior da foto, céu claro. Ao fundo, o final da avenida e um morro que ocupa praticamente toda a largura da fotografia.

Audiodescritora roteirista: Pricila Arrojo

Audiodescritora consultora: Fernanda Taschetto

 

Artigo em Libras

Publicações Recentes