Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 071 Aula Prática do Curso de Veterinária em 1972



Fotografia horizontal em preto e branco de dois esqueletos de animais ao centro de uma sala, com seis homens a sua volta. O primeiro esqueleto é de um eqüino e o segundo de um bovino, ambos enquadrados por inteiro e posicionados de frente, em forma de seta, onde a traseira destes está próxima e a parte frontal afastada, cada um sobre um tablado de madeira. Do cavalo aparece o perfil esquerdo e do boi o perfil direito. Os esqueletos são em tamanho real, ambos de resina transparente, sendo visíveis também suas vísceras. Os seis homens estão em pé, enquadrados por inteiro e posicionados à esquerda, todos de pele branca, cabelo curto e escuro e jaleco branco, observando o cavalo. Destes, três deles estão à esquerda, de perfil direito, voltados para o esqueleto do eqüino. O primeiro homem usa óculos de grau, tem bigode e está de braços cruzados. Tem o quadril encostado em uma barra de ferro horizontal. O segundo homem tem costeletas grandes, veste calça escura e também está de braços cruzados. Do terceiro homem, de bigode, visualiza-se apenas o rosto, pois o corpo está encoberto pelo perfil do segundo homem. O quarto, quinto e sexto homens estão à direita do esqueleto do eqüino, todos usando calça e sapato escuros. O quarto homem tem uma vareta na mão direita com a qual aponta para o esqueleto do eqüino. O quinto homem usa óculos de grau e tem os braços cruzados, a observar. O sexto homem, de bigode e costeletas largas, está com os braços cruzados para trás. Às costas deles está o esqueleto do bovino.

O curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) é pioneiro no interior do Rio Grande do Sul. Foi criado em 1961 com a denominação de Faculdade de Veterinária e tem duração de 10 semestres. Segundo o relatório de atividades da UFSM de 1972 o Departamento de Clínicas Veterinárias estava com 96 projetos de pesquisa em andamento e o Departamento de Cirurgia Veterinária com 39 pesquisas. No mesmo período diversos professores destes dois departamentos estavam cursando Mestrado na Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente, o curso possui excelências nas áreas de Cirurgia de Pequenos Animais, Fisiopatologia da Reprodução, Patologia Veterinária e Medicina Veterinária Preventiva.

Texto: Raabe Balsamo, Acadêmica do 2º semestre do Curso de História da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal em preto e branco de dois esqueletos de animais ao centro de uma sala, com seis homens a sua volta. O primeiro esqueleto é de um eqüino e o segundo de um bovino, ambos enquadrados por inteiro e posicionados de frente, em forma de seta, onde a traseira destes está próxima e a parte frontal afastada, cada um sobre um tablado de madeira. Do cavalo aparece o perfil esquerdo e do boi o perfil direito. Os esqueletos são em tamanho real, ambos de resina transparente, sendo visíveis também suas vísceras. Os seis homens estão em pé, enquadrados por inteiro e posicionados à esquerda, todos de pele branca, cabelo curto e escuro e jaleco branco, observando o cavalo. Destes, três deles estão à esquerda, de perfil direito, voltados para o esqueleto do eqüino. O primeiro homem usa óculos de grau, tem bigode e está de braços cruzados. Tem o quadril encostado em uma barra de ferro horizontal. O segundo homem tem costeletas grandes, veste calça escura e também está de braços cruzados. Do terceiro homem, de bigode, visualiza-se apenas o rosto, pois o corpo está encoberto pelo perfil do segundo homem. O quarto, quinto e sexto homens estão à direita do esqueleto do eqüino, todos usando calça e sapato escuros. O quarto homem tem uma vareta na mão direita com a qual aponta para o esqueleto do eqüino. O quinto homem usa óculos de grau e tem os braços cruzados, a observar. O sexto homem, de bigode e costeletas largas, está com os braços cruzados para trás. Às costas deles está o esqueleto do bovino.

Audiodescritoras roteiristas: Luciana Oliveira e Cristina Strohschoen dos Santos

Audiodescritor consultor: Cristian Sehnem

 

Artigo em Libras

Publicações Recentes