Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 102 Mestre Alemão doa Obra de Arte á Universidade em 1982



Pôster composto por duas fotografias, uma ao lado da outra. À esquerda, fotografia quadrada, em preto e branco, de quatro pessoas, enquadradas do joelho para cima, sendo que, três destas sustentam uma obra de arte em suas mãos, em um ambiente fechado, semelhante a uma sala de reuniões. Destas pessoas, da esquerda para a direita, três posam de frente e a quarta de perfil: à esquerda, uma senhora com rosto oval, nariz e lábios finos, cabelos grisalhos, olhar e expressão atentos à entrega da obra de arte, usando óculos de grau, vestindo um traje religioso, de freira, com as mãos sobrepostas à frente do corpo, na altura do quadril; ao meio, um homem, com rosto quadrado, cabelo em corte baixo, em tom escuro, usando óculos de grau, vestindo terno e camisa social lisa em tons claros e gravata lisa em tom escuro, segurando uma parte da obra de arte com as duas mãos enquanto olha às mãos do senhor e da mulher à direita; à direita, o senhor, alto, tem o rosto oval, nariz longo, cabelos ligeiramente grisalhos, usando óculos de grau, terno desabotoado e gravata estampada, ambos em tom escuro, e camisa social lisa em tom claro, olhando atentamente para baixo, em direção a uma das partes da obra de arte que segura em suas mãos com o auxílio da mulher; e de perfil, a mulher, alta, com nariz longo, cabelo escuro, na altura dos ombros, ondulado e volumoso, vestindo um tipo de terno com mangas curtas na altura do braço e camisa por baixo, ambos em tom claro. A segunda fotografia, à direita, é vertical, em preto e branco, da obra de arte presente na imagem à esquerda. Vista de um ângulo superior, a obra está posicionada ao centro, sobre uma mesa de madeira que vê-se apenas o tampo. Trata-se de uma escultura em metal em duas partes, semelhante a uma xícara sobre um pires. O que seria a xícara é uma estrutura triangular e lisa, como um jarro de água ou vaso de flores. E, o que seria o pires, é um brasão redondo com três adornos de cristais de rochas inseridos e com uma frase gravada. A frase gravada no brasão, com letra maiúscula: “Universidade ao pé do Monte, vaso que conserva e transmite sabedoria e arte”.

Em agradecimento a hospitalidade recebida da Universidade Federal de Santa Maria o Dr. Paul Rothegerber, Chefe da Comissão Julgadora de Artesanato da região de Koblenz, Alemanha e religioso da Ordem das Irmãs de Maria Schoenstatt, concebeu, executou e doou à universidade um vaso representando o desempenho da paz e da amizade. A obra possui grande expressão simbólica, composta por um vaso em metal de forma triangular e requintada elegância, configura a Universidade inserida rente aos montes que são representados por três cristais de rocha cravados no brasão de metal amarelo, este constituído por milhares de batidas de martelo. Em sua base foi gravado “Universidade ao pé do Monte, vaso que conserva e transmite sabedoria e arte”. A belíssima obra-de-arte, na época, avaliada em oitocentos mil cruzeiros, foi entregue ao Reitor Armando Vallandro e a Professora Maria Carpes Barros, Diretora da Sala de Exposições.

Texto: Jaqueline Inês Both, acadêmica do 7°semestre do Curso de Arquivologia da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Pôster composto por duas fotografias, uma ao lado da outra. À esquerda, fotografia quadrada, em preto e branco, de quatro pessoas, enquadradas do joelho para cima, sendo que, três destas sustentam uma obra de arte em suas mãos, em um ambiente fechado, semelhante a uma sala de reuniões. Destas pessoas, da esquerda para a direita, três posam de frente e a quarta de perfil: à esquerda, uma senhora com rosto oval, nariz e lábios finos, cabelos grisalhos, olhar e expressão atentos à entrega da obra de arte, usando óculos de grau, vestindo um traje religioso, de freira, com as mãos sobrepostas à frente do corpo, na altura do quadril; ao meio, um homem, com rosto quadrado, cabelo em corte baixo, em tom escuro, usando óculos de grau, vestindo terno e camisa social lisa em tons claros e gravata lisa em tom escuro, segurando uma parte da obra de arte com as duas mãos enquanto olha às mãos do senhor e da mulher à direita; à direita, o senhor, alto, tem o rosto oval, nariz longo, cabelos ligeiramente grisalhos, usando óculos de grau, terno desabotoado e gravata estampada, ambos em tom escuro, e camisa social lisa em tom claro, olhando atentamente para baixo, em direção a uma das partes da obra de arte que segura em suas mãos com o auxílio da mulher; e de perfil, a mulher, alta, com nariz longo, cabelo escuro, na altura dos ombros, ondulado e volumoso, vestindo um tipo de terno com mangas curtas na altura do braço e camisa por baixo, ambos em tom claro. A segunda fotografia, à direita, é vertical, em preto e branco, da obra de arte presente na imagem à esquerda. Vista de um ângulo superior, a obra está posicionada ao centro, sobre uma mesa de madeira que vê-se apenas o tampo. Trata-se de uma escultura em metal em duas partes, semelhante a uma xícara sobre um pires. O que seria a xícara é uma estrutura triangular e lisa, como um jarro de água ou vaso de flores. E, o que seria o pires, é um brasão redondo com três adornos de cristais de rochas inseridos e com uma frase gravada. A frase gravada no brasão, com letra maiúscula: “Universidade ao pé do Monte, vaso que conserva e transmite sabedoria e arte”.

Audiodescritora roteirista: Lisiane Gräff de Oliveira

Audiodescritor consultor: Cristian Sehnem

Artigo em Libras


Publicações Recentes