Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 118 Monumento dos Ferroviários em 1974



Fotografia vertical em preto e branco de uma escadaria que leva até um monumento, sobre um morro. Centralizada e de frente, a escadaria é de cimento concreto, de tom claro. No topo do morro, um monumento em coluna alta, com estilo de torre, de aproximadamente  4 metros de altura e tom claro, cercado por um muro claro com barras horizontais na parte superior. À esquerda  da escadaria,  na subida do morro, vista parcial de um poste de madeira, um cercado também de madeira, vegetação rasteira, uma árvore, dois postes públicos  e quatro fios de luz. À direita da escadaria, também na subida do morro, vegetação rasteira, uma árvore com uma placa em que a escrita está ilegível e a vista parcial de um homem, de frente e em pé. Ao fundo, céu claro.

No ano de comemoração dos 100 anos de ferrovia no RS, 1974, o governo do presidente Ernesto Geisel lançou o Programa de Desenvolvimento Ferroviário, prevendo uma substancial verba para a reorganização da rede ferroviária nacional. Neste mesmo ano o Monumento dos Ferroviários – erguido pelo governo Flores da Cunha em 1931, foi restaurado e uma campanha sobre a importância do mesmo foi realizada, encabeçada pelo Conselho Comunitário do Bairro Itararé. Além do material cedido pelo Ministro dos Transportes, a mão de obra cedida pela Prefeitura Municipal, as crianças da Escola Assis Brasil formaram uma corrente de mais de cem alunos para o transporte dos tijolos até o alto do morro do monumento, para a reforma das amuradas e escadarias.

Texto: Cristina Strohschoen dos Santos, arquivista do Departamento de Arquivo Geral da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia vertical em preto e branco de uma escadaria que leva até um monumento, sobre um morro. Centralizada e de frente, a escadaria é de cimento concreto, de tom claro. No topo do morro, um monumento em coluna alta, com estilo de torre, de aproximadamente  4 metros de altura e tom claro, cercado por um muro claro com barras horizontais na parte superior. À esquerda  da escadaria,  na subida do morro, vista parcial de um poste de madeira, um cercado também de madeira, vegetação rasteira, uma árvore, dois postes públicos  e quatro fios de luz. À direita da escadaria, também na subida do morro, vegetação rasteira, uma árvore com uma placa em que a escrita está ilegível e a vista parcial de um homem, de frente e em pé. Ao fundo, céu claro.

Audiodescritora Roteirista: Bernardete Rocha;

Audiodescritor Consultor: Cristian Sehnem.


Publicações Recentes