Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 119 Lar Metodista em 1980



Fotografia horizontal em preto e branco de um homem e quatro meninos, máquinas de serigrafia e mesas. Os meninos têm cerca de doze anos e o homem aproximadamente quarenta anos. Eles têm pele clara, cabelo curto e escuro. Encostada em uma parede à esquerda, uma máquina escura de serigrafia, com cerca de um metro e meio de altura, com alguns canos para a sustentação do motor. Voltado para ela, sentado em uma cadeira de madeira, um menino de perfil esquerdo. Veste jaqueta escura e calça jeans e está com as mãos sobre folhas que estão em cima da máquina. Ao lado da máquina, um pouco mais ao fundo, um menino em pé,de perfil direito, levemente voltado para nós, de  jaqueta escura aberta e camiseta clara. Em frente à ele, um equipamento de serigrafia mais simples, com cerca de um metro de altura e apoios para maços de folhas claras que estão sobre ele. Ainda à esquerda, encostada na parede do fundo, outra máquina de serigrafia com cerca de um metro e meio de altura, com uma pequena base retangular, na frente do equipamento. Em frente a ela, o homem, de perfil direito. Veste blusão escuro e está com o braço esquerdo apoiado sobre a máquina. Junto à ele, um menino de perfil esquerdo, de jaqueta escura com listras claras nas mangas. À direita na imagem, uma mesa comprida de madeira escura com sete maços de folhas claras sobre ela. À direita  da mesa, um menino em pé e de perfil esquerdo. Veste camiseta clara com gola "V" e segura com as mãos um maço de folhas claras. Um pouco mais ao fundo, encostada na parede da direita, uma estante escura com cerca de cinco prateleiras. Após a estante, outra mesa de madeira escura e comprida. Atrás dela, na parede do fundo, uma porta de madeira escura. Na parede da esquerda uma tomada com interruptor, uma caixa de fusível, e uma janela basculante. As paredes são claras e apenas uma parte da parede da direita é de madeira. O teto é de madeira clara e o chão é escuro.

O Lar Metodista celebrava 41 anos de existência no ano 1981. Inaugurado em 1939 com presença do Prefeito, da imprensa, do Exército Nacional e de Igrejas da cidade. Em sua inauguração foi eleita uma comissão para estudar a reforma dos estatutos, e eleito como provedor o Rev. Adolfo Ungaretti. Inicialmente funcionou no casarão colonial, adquirido da Granja das Pedras Brancas, até que em 1974 foi autorizada a construção de um novo edifício. Era então diretor o Rev. José Pedro Pinheiro. O Lar Metodista atuou a serviço da comunidade santa-mariense e rio-grandense, primando por uma educação integral por onde passaram milhares de órfãos e crianças carentes e oferecendo unidades profissionalizantes, com oficinas-escola para receber dezenas de jovens diariamente.

Texto: Lidiane Castagna Gonçalves, acadêmica do 3° semestre do Curso de Desenho Industrial da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal em preto e branco de um homem e quatro meninos, máquinas de serigrafia e mesas. Os meninos têm cerca de doze anos e o homem aproximadamente quarenta anos. Eles têm pele clara, cabelo curto e escuro. Encostada em uma parede à esquerda, uma máquina escura de serigrafia, com cerca de um metro e meio de altura, com alguns canos para a sustentação do motor. Voltado para ela, sentado em uma cadeira de madeira, um menino de perfil esquerdo. Veste jaqueta escura e calça jeans e está com as mãos sobre folhas que estão em cima da máquina. Ao lado da máquina, um pouco mais ao fundo, um menino em pé,de perfil direito, levemente voltado para nós, de  jaqueta escura aberta e camiseta clara. Em frente à ele, um equipamento de serigrafia mais simples, com cerca de um metro de altura e apoios para maços de folhas claras que estão sobre ele. Ainda à esquerda, encostada na parede do fundo, outra máquina de serigrafia com cerca de um metro e meio de altura, com uma pequena base retangular, na frente do equipamento. Em frente a ela, o homem, de perfil direito. Veste blusão escuro e está com o braço esquerdo apoiado sobre a máquina. Junto à ele, um menino de perfil esquerdo, de jaqueta escura com listras claras nas mangas. À direita na imagem, uma mesa comprida de madeira escura com sete maços de folhas claras sobre ela. À direita  da mesa, um menino em pé e de perfil esquerdo. Veste camiseta clara com gola “V” e segura com as mãos um maço de folhas claras. Um pouco mais ao fundo, encostada na parede da direita, uma estante escura com cerca de cinco prateleiras. Após a estante, outra mesa de madeira escura e comprida. Atrás dela, na parede do fundo, uma porta de madeira escura. Na parede da esquerda uma tomada com interruptor, uma caixa de fusível, e uma janela basculante. As paredes são claras e apenas uma parte da parede da direita é de madeira. O teto é de madeira clara e o chão é escuro.

Audiodescritor roteirista: Cíntia Pasa Lopes

Audiodescritor consultor: Fernanda Taschetto

Artigo em Libras


Publicações Recentes