Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 122 Faculdade de Agronomia da UFSM em 1964



Fotografia quadrada, preta e branca, de uma camionete, um homem e um chalé de madeira. Ao centro da imagem, a camionete Chevrolet, modelo Marta Rocha, de frente e voltada levemente para a direita. É de tom claro e tem uma capota. Ao lado, o homem em pé e de costas para a camionete. Tem o rosto coberto por uma sombra e veste camiseta clara e calça em tom mais  escuro. Está voltado para o chalé de madeira em tom de cinza claro, que está ao lado e um pouco mais ao fundo. O telhado é de modelo duas águas. Em uma das paredes, que está em frente ao homem, uma sombra encobre os detalhes da madeira. A outra parede, que está de frente, é iluminada pela luz do sol com sombras de galhos de árvores projetadas. Fixado nesta parede um letreiro com fundo claro e com alguns caracteres ilegíveis e letras garrafais escuras onde se identifica “UFSM – AGRONOMIA E VETERINÁRIA". O carro está sobre uma estreita estrada de terra, que segue do canto direito da imagem em direção ao lado esquerdo e ao fundo. Dos dois lados da estrada há um gramado. No gramado entre o carro e a casa, um poste de luz com fios que seguem sobre a casa até uma área arborizada à direita. Em frente ao chalé, troncos longos e finos de árvores sobre a grama. Ao fundo da imagem, campo extenso e uma mata fechada. O céu está claro.

A Faculdade de Agronomia teve seu primeiro pavilhão, totalmente metálico, construído em 1962. Este abrigou os primeiros equipamentos da escola: tratores, máquinas e implementos agrícolas, além de materiais para uso em plantios. O prédio da Faculdade Politécnica, primeiro edifício a ser construído no futuro campus, acolheu as secretarias, direção e alunos da Agronomia nos dois primeiros anos. Um ano depois o especialista em solos, Raymundo Lemos e o casal de agrônomos Artur e Ana Primavesi contribuíram através da fundação do Instituto de Solos, análises de solos para produtores rurais de Santa Maria e produziram resultados reconhecidos internacionalmente. Os projetos da FAO e Oswaldo Aranha foram implantados, contribuindo no ensino, pesquisa e extensão da Faculdade, que passou a ser referência no Rio Grande do Sul.

Texto: Kátia Moreira, acadêmica do 8° semestre do Curso de Jornalismo da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia quadrada, preta e branca, de uma camionete, um homem e um chalé de madeira. Ao centro da imagem, a camionete Chevrolet, modelo Marta Rocha, de frente e voltada levemente para a direita. É de tom claro e tem uma capota. Ao lado, o homem em pé e de costas para a camionete. Tem o rosto coberto por uma sombra e veste camiseta clara e calça em tom mais  escuro. Está voltado para o chalé de madeira em tom de cinza claro, que está ao lado e um pouco mais ao fundo. O telhado é de modelo duas águas. Em uma das paredes, que está em frente ao homem, uma sombra encobre os detalhes da madeira. A outra parede, que está de frente, é iluminada pela luz do sol com sombras de galhos de árvores projetadas. Fixado nesta parede um letreiro com fundo claro e com alguns caracteres ilegíveis e letras garrafais escuras onde se identifica “UFSM – AGRONOMIA E VETERINÁRIA”. O carro está sobre uma estreita estrada de terra, que segue do canto direito da imagem em direção ao lado esquerdo e ao fundo. Dos dois lados da estrada há um gramado. No gramado entre o carro e a casa, um poste de luz com fios que seguem sobre a casa até uma área arborizada à direita. Em frente ao chalé, troncos longos e finos de árvores sobre a grama. Ao fundo da imagem, campo extenso e uma mata fechada. O céu está claro.

Audiodescritora Roteirista: Luciana Almeida do Nascimento

Audiodescritor Consultor: Fernanda Taschetto

Artigo em Libras


Publicações Recentes