Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 155 Projetos na Sanga Lagoão do Ouro em 1964



A Sanga Lagoão do Ouro é um tributário do Rio Vacacaí-Mirim, que se estende por cerca de 11,5 km em comunidades do Bairro Camobi e nas dependências da UFSM. Para chegar ao local onde seria construído o prédio das Faculdades de Agronomia e Veterinária, em 1962, deveria ser atravessado um banhado, depressão do terreno que se estende de oeste para leste da área do campus da UFSM. O Lagoão do Ouro era temido, pois diziam ser um ninho de cobras. Em 1964 após algumas evoluções com o trator Case, o tratorista José Vicente Freitas que administrava a pedreira da ASPES, conseguiu chegar ao lado sul da área do Campus. Segundo o relatório de 1969 da UFSM, nesse ano foram realizadas escavações para a construção do lago Lagoão do Ouro conforme previsto no plano diretor – sob a ponte, ligando a parte norte a sul do campus.

Texto: Kátia Moreira, acadêmica do Curso de Jornalismo da UFSM.

Artigo em Libras


Publicações Recentes