Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 185 Cultivo de Berinjela com Plasticultura em 1996



O cultivo de hortaliças e flores em estufas com proteção de plástico, também conhecido como plasticultura, permite que se obtenha uma maior regularidade de produção ao longo do ano. Em 1989 um grupo de professores do Departamento de Fitotecnia do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Maria começou a desenvolver um trabalho de pesquisa nesta área: essa técnica reduzia em 90% o uso de agrotóxicos. A partir de 1991, surgiram no Rio Grande do Sul pólos de pesquisa em plasticultura, visando desenvolver e difundir tecnologia aos agricultores desta especialidade. Na UFSM essas pesquisas envolviam estruturação e estudos das práticas e necessidades das plantas cultivadas. Já em 1996 três linhas de pesquisa eram desenvolvidas: controle do ambiente interno das estufas, manejo da água das culturas e manejo da água (absorção). Desse modo avaliavam as necessidades e possibilidades das plantas se desenvolverem em húmus, casca de arroz e árvores.

 

Texto: Kátia Moreira, acadêmica do curso de Jornalismo da UFSM.

Artigo em Libras


Publicações Recentes