Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 204 Inventário Florestal do Rio Grande do Sul em 1982



Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal, em preto e branco de quinze homens, ao redor de uma mesa de reuniões. Os homens têm faixa etária entre quarenta e cinquenta anos, pele clara, cabelos curtos e escuros e a maioria está de terno e gravata de tons escuros e camisas de tons claros. Ao lado esquerdo da mesa, estão seis homens sentados e um em pé. O primeiro homem está de costas para nós, com uma das mãos sobre a mesa, ao lado dele, um homem de suéter de tom claro sobre uma camisa de tom escuro. O último homem sentado está com o cotovelo apoiado na mesa e olha para nós. Ao lado dele, o homem em pé. Ao lado direito da mesa, sete homens sentados, de perfil para nós. Ao fundo, atrás da mesa, outro homem sentado, está de óculos de grau com armação escura e as mãos sobre a mesa. A maioria dos homens observam com expressões sérias o primeiro homem da esquerda, de costas para nós. A mesa tem formato hexagonal e é de madeira de tom claro. Sobre ela, folhas de papel, livros com capas escuras e cinzeiros de vidro. As cadeiras são estofadas em tom escuro, com apoio de metal para os braços. À esquerda, uma parede clara com uma porta aberta com persiana vertical em tom claro, pelas frestas da persiana vê-se outro ambiente. Ao lado, um painel de madeira escura, com uma folha de papel com inscrições ilegíveis presa por tachinhas. À direita, uma parede clara. Ao fundo, cortinas de tom claro, que através delas, vê-se partes com luminosidade, que sugerem janelas. O teto é claro, com um lustre de metal escuro, centralizado sobre a mesa e com cinco lâmpadas acesas. 


Audiodescritora Roteirista: Flavia Geraldino
Audiodescritora Consultora: Fernanda Taschetto

O Departamento de Ciências Florestais do Centro de Ciências Rurais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) entregou, em setembro de 1982, os trabalhos de Monitoramento Florestal ao presidente do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF), Mauro Silva Reis. A solenidade aconteceu no Gabinete do Reitor. Estiveram presentes também Joézio Siqueira, diretor do Departamento de Economia e de José Lauro de Quadros, diretor do Departamento de Pesquisa do IBDF. Conforme os dados do relatório, em 1967 o RS possuía 7,88% de sua área coberta por florestas e este índice em 1980, baixou para 6,40%, constando que no RS ocorre desmatamento na ordem de 0,16% ao ano. O Programa de Monitoramento Florestal previa dois projetos: avaliação da real cobertura florestal do Estado e uma avaliação dos reflorestamentos efetuados no RS. Os levantamentos realizados pelo programa contaram com a participação efetiva de acadêmicos dos cursos de Engenharia Florestal, Agronomia e Geografia.

Texto: Cristina Strohschoen dos Santos, arquivista do Departamento de Arquivo Geral da UFSM

Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal, em preto e branco de quinze homens, ao redor de uma mesa de reuniões. Os homens têm faixa etária entre quarenta e cinquenta anos, pele clara, cabelos curtos e escuros e a maioria está de terno e gravata de tons escuros e camisas de tons claros. Ao lado esquerdo da mesa, estão seis homens sentados e um em pé. O primeiro homem está de costas para nós, com uma das mãos sobre a mesa, ao lado dele, um homem de suéter de tom claro sobre uma camisa de tom escuro. O último homem sentado está com o cotovelo apoiado na mesa e olha para nós. Ao lado dele, o homem em pé. Ao lado direito da mesa, sete homens sentados, de perfil para nós. Ao fundo, atrás da mesa, outro homem sentado, está de óculos de grau com armação escura e as mãos sobre a mesa. A maioria dos homens observam com expressões sérias o primeiro homem da esquerda, de costas para nós. A mesa tem formato hexagonal e é de madeira de tom claro. Sobre ela, folhas de papel, livros com capas escuras e cinzeiros de vidro. As cadeiras são estofadas em tom escuro, com apoio de metal para os braços. À esquerda, uma parede clara com uma porta aberta com persiana vertical em tom claro, pelas frestas da persiana vê-se outro ambiente. Ao lado, um painel de madeira escura, com uma folha de papel com inscrições ilegíveis presa por tachinhas. À direita, uma parede clara. Ao fundo, cortinas de tom claro, que através delas, vê-se partes com luminosidade, que sugerem janelas. O teto é claro, com um lustre de metal escuro, centralizado sobre a mesa e com cinco lâmpadas acesas.

 

Audiodescritora Roteirista: Flavia Geraldino

Audiodescritora Consultora: Fernanda Taschetto


Publicações Recentes