Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 213 Encontro de Prefeitos da área Geo-educacional em 1970



Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal, em preto e branco, do reitor José Mariano da Rocha Filho e de outro homem em frente à uma platéia em um auditório. À esquerda da imagem, o reitor José Mariano da Rocha Filho está em pé, enquadrado dos joelhos para cima, de costas para nós e voltado para a direita. Ele tem cabelo curto e escuro e bigode. Está de terno de tom escuro e camisa de tom claro. Está com a expressão séria. Em frente à ele, um microfone de metal sobre um púlpito de madeira de tom escuro. Mais ao fundo, outro homem, também em pé, de costas para nós e voltado para a direita. Está entre uma cadeira e uma mesa, ambas de madeira de tom escuro. Tem cabelos e bigode escuros. Está de terno de tom escuro. Observa sério um objeto que segura com as mãos sobre a mesa. Os dois homens, o púlpito, a mesa e a cadeira estão em um espaço elevado em relação à uma platéia que está à direita na imagem. Vê-se parte da platéia com cerca de quarenta homens e quatro mulheres, voltados para a esquerda, levemente de frente para nós, sentados em cadeiras. Estão com roupas formais, como ternos,  e olham atentos para o reitor e o outro homem. As cadeiras são de metal, com estofamento em tom escuro e com um apoio para o braço direito feito de madeira de tom claro. Algumas cadeiras estão vazias. Ao fundo da imagem, uma parede clara, revestida da metade até o chão por madeira de tom escuro. O chão é de madeira de tom claro.  Audiodescritora Roteirista: Flavia Geraldino Monteiro; Audiodescritora Consultora: Fernanda Taschetto 

Em face da preocupação constante da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em participar ativamente no desenvolvimento do país, foi criado, em 1970 o Núcleo de Integração e Desenvolvimento (NID), um organismo totalmente voltado para a comunidade, visando impulsionar um desenvolvimento de sentido horizontal e vertical, abrangendo os mais diversos setores da atividade humana. Estas diretrizes estavam presentes porquanto o Reitor Mariano havia estabelecido o lema “universidade, alavanca para o progresso”. O núcleo tomava iniciativas no sentido de integrar o corpo docente, discente e empresas. Entre as realizações anuais descritas no relatório de atividades da UFSM de 1970 estavam: o estabelecimento de um programa para levar ao agricultor e pecuarista técnicas de plantio e experimentos diversos todos eles com objetivo de mostrar as diferenças de métodos utilizados na agropecuária; e a organização, coordenação e realização do 1º Encontro de Prefeitos da Área Geo-Educacional, ao qual se fizeram presentes 40 representantes.

Texto: Cristina Strohschoen dos Santos, arquivista do Departamento de Arquivo Geral da UFSM.

Audiodescrição da imagem: Fotografia horizontal, em preto e branco, do reitor José Mariano da Rocha Filho e de outro homem em frente à uma platéia em um auditório. À esquerda da imagem, o reitor José Mariano da Rocha Filho está em pé, enquadrado dos joelhos para cima, de costas para nós e voltado para a direita. Ele tem cabelo curto e escuro e bigode. Está de terno de tom escuro e camisa de tom claro. Está com a expressão séria. Em frente à ele, um microfone de metal sobre um púlpito de madeira de tom escuro. Mais ao fundo, outro homem, também em pé, de costas para nós e voltado para a direita. Está entre uma cadeira e uma mesa, ambas de madeira de tom escuro. Tem cabelos e bigode escuros. Está de terno de tom escuro. Observa sério um objeto que segura com as mãos sobre a mesa. Os dois homens, o púlpito, a mesa e a cadeira estão em um espaço elevado em relação à uma platéia que está à direita na imagem. Vê-se parte da platéia com cerca de quarenta homens e quatro mulheres, voltados para a esquerda, levemente de frente para nós, sentados em cadeiras. Estão com roupas formais, como ternos,  e olham atentos para o reitor e o outro homem. As cadeiras são de metal, com estofamento em tom escuro e com um apoio para o braço direito feito de madeira de tom claro. Algumas cadeiras estão vazias. Ao fundo da imagem, uma parede clara, revestida da metade até o chão por madeira de tom escuro. O chão é de madeira de tom claro.

Audiodescritora Roteirista: Flavia Geraldino Monteiro
Audiodescritora Consultora: Fernanda Taschetto 


Publicações Recentes