Ir para o conteúdo DAG Ir para o menu DAG Ir para a busca no site DAG Ir para o rodapé DAG
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria – artigo 264 Terceira Equipe da UFSM em Roraima em 1969



No segundo semestre de 1969 chegava a Roraima a terceira equipe da UFSM no Projeto Rondon. Em cinco meses, um total de 101 pessoas, entre alunos e professores, distribuídos em 15 equipes, realizou 3.927 atendimentos médicos, 3.147 odontológicos, 3.782 análises de laboratório e 6.600 atendimentos de enfermagem. Reestruturaram um hospital; os esquemas educativos do Território; reativaram uma fazenda governamental inoperante, tornando-a experimental; iniciaram o projeto de um colégio agrícola e acionaram todos os campos de atividades locais. Da Assessoria de Planejamento da Reitoria da UFSM, neste ano, participaram Alexandre Máximo Amêndola, Eliseo Blaya Perez, Francisco Viterbo Borges e Gabriel Rossi. A UFSM foi a primeira instituição a aceitar o desafio para a “ocupação da Amazônia pela educação” e, também, a primeira a instalar o Campus Avançado no Território Federal de Roraima, na cidade de Boa Vista. O nome dos participantes em cada operação, de 1969 a 2015, pode ser visualizado na “Exposição UFSM no Projeto Rondon” disponível em https://www.ufsm.br/pro-reitorias/pre/rastros-de-extensao/.

Texto: Cristina Strohschoen dos Santos, Arquivista do Departamento de Arquivo Geral da UFSM.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes