Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

MPB Especial destaca a vida e obra de Sinhô

MPB EspecialNesta quinta, 12/09, o programa MPB Especial destaca a vida e obra de Sinhô.

José Barbosa da Silva, o Sinhô, nasceu a 18/09/1888, na cidade do Rio de Janeiro, e faleceu a 04/08/1930, a bordo da velha barca que fazia a travessia entre a Ilha do Governador e o Cais Pharoux. Foi o mais reconhecido compositor carioca de 1920, quando explodiram no carnaval carioca o samba Fala Meu Louro e a marcha O Pé de Anjo.

Polêmico, Sinhô era constantemente acusado de plagiar composições ou de "se apropriar" indevidamente de músicas alheias garantindo serem suas. Para isso, tinha sempre uma boa resposta na ponta da língua: "Samba é como passarinho. É de quem pegar". Talvez por isso foi o primeiro compositor brasileiro a se preocupar com direitos autorais, fazendo questão de carimbar cada uma de suas partituras com seu nome e assinatura. Isso depois de passar por um terreiro de Candomblé para que seu pai de santo garantisse o sucesso da música, com uma reza. Controvertido, mulherengo, vaidoso, maldizente, Sinhô foi um dos mais bem-humorados compositores brasileiros do início do século passado.

O MPB Especial vai ao ar pela Rádio Universidade toda quinta, às 22h00, com produção, pesquisa, seleção musical e apresentação de Candido Otto da Luz. O programa pode ser ouvido pelos 800 AM e aqui no blog via web.