Ir para o conteúdo Rádios Ir para o menu Rádios Ir para a busca no site Rádios Ir para o rodapé Rádios
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Rádios da UFSM Celebram os 60 Anos da UFSM com Produções Especiais



Em razão do aniversário de 60 anos da UFSM, as rádios da Universidade, 800 AM e 107.9 FM, veicularam programas especiais para celebrar a data no segundo semestre do ano passado.
 
Em dezembro de 2020, foram veiculadas as chamadas “UFSM 60 anos – A Universidade na Minha História”, elaboradas pelos alunos de Jornalismo Jonas Faria e Amanda Xavier com orientação do jornalista Ciro Oliveira. O programa traz depoimentos da comunidade acadêmica relatando o impacto da Universidade em suas trajetórias.
 
Ciro Oliveira conta que a ideia surgiu do papel transformador da Universidade na vida de incontáveis pessoas ao longo desses 60 anos. “As nossas rádios tem papel bastante importante nessa construção ao longo de muitas décadas, ajudando a contar essa história que a UFSM vem construindo”, acrescenta o servidor. Para ele, os depoimentos de servidores docentes e técnicos, aposentados e na ativa, estudantes, egressos e trabalhadores terceirizados permitem que as pessoas contem “como a UFSM fez parte da vida delas para podermos fazer essa homenagem”.
 
Além desse trabalho dos graduandos, foi veiculado o quadro “Palavra de Reitor”, produzido pelo jornalista Gilson Piber e pelo diretor de programa Roberto Montagner durante o programa Editoria 107.9 de agosto a outubro de 2020. A produção trouxe entrevistas com todos os reitores anteriores da Universidade, desde o fundador José Mariano da Rocha Filho até o ex-reitor Felipe Martins Müeller.
 
Os episódios estão disponíveis na página do Farol:
 
José Mariano da Rocha Filho, reitor entre 1960 e 1973;
 
Hélios Homero Bernardi, reitor entre 1973 e 1977;
 
Derblay Galvão, reitor entre 1978 e 1981;
 
Armando Vallandro, reitor entre 1981 e 1985;
 
Gilberto Aquino Benetti, reitor entre 1985 e 1989;
 
Tabajara Gaúcho da Costa, reitor entre 1989 e 1993;
 
Odilon Marcuzzo do Canto, reitor entre 1993 e 1997;
 
Paulo Jorge Sarkis, que reitor entre 1997 e 2005;
 
Clóvis Lima, que reitor entre 2005 e 2009;
 
Felipe Martins Müller, reitor entre 2009 e 2013.
 
Gilson Piber, que realizou as entrevistas com os reitores ano passado, destaca que o trabalho “foi gratificante, pois todos os reitores vivos – a exceção do Derblay Galvão, em recuperação da covid-19 -, entenderam a proposta e aceitaram enviar os áudios”. Galvão não pode participar porque estava com covid-19 na época das gravações.
 
As entrevistas com os reitores já falecidos foram recuperadas do acervo pessoal de Roberto Montagner, que observa a responsabilidade das decisões e do trabalho dos reitores nos avanços da instituição pública. “Muitos rumos são tomados a partir de programas estruturados pelas gestões dos reitores. Por isso tudo, esses áudios e programas narrados sobre os reitores trouxeram à memória das pessoas ações que marcaram a história dos 60 anos de existência da UFSM”, avalia.
 
Gilson ressalta a preservação da memória da instituição para todas as gerações. “Cada um deu a sua parcela de contribuição para o que é hoje a UFSM. As rádios da UFSM – Universidade 800 AM e UniFM 107,9 MHz – são patrimônio da comunicação pública de Santa Maria, do Rio Grande do Sul e do Brasil”, finaliza.
 
Texto: Álvaro Bazana, acadêmico de Jornalismo e bolsista das Rádios da UFSM
Edição: Marcelo De Franceschi dos Santos
 
 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes