Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Núcleo de Rádio Universidade

A Coordenadoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Santa Maria foi criada em 1998, com o objetivo de integrar os veículos de informação da instituição. Desde então reúne quatro núcleos. A radiodifusão tem no Núcleo de Rádio Universidade sua alocação permanente. A Universidade AM, por muitos anos, foi a única emissora vinculada ao núcleo. Desde 2017, mantemos também a Uni FM.

A emissora AM deve ao Reitor-fundador José Mariano da Rocha Filho sua idealização e implantação. A Rádio Universidade de Santa Maria está no ar desde 27 de maio de 1968. Detentora do prefixo ZYK 292, ocupando a frequência de 800 kHz, a emissora tem uma potência permanente de 10 Kw. Durante o dia as transmissões atingem mais de 150 municípios da região central do Rio Grande do Sul. À noite, em virtude de não precisar diminuir sua potência, ela atinge as fronteiras do Uruguai e Argentina, e chega até mesmo em Santa Catarina. A emissora está com seu som ao vivo na Internet desde 1999, utilizando tecnologia implantada pelo CPD-UFSM.

A Uni FM, instalada oficialmente em 01/12/2017, opera na frequência 107.9 mHz. O canal é uma consignação da EBC. A rádio já surgiu com som simultâneo na internet e presença nas redes sociais.

As emissoras públicas da UFSM, dirigidas pelo Chefe de Núcleo Roberto Montagner, mantêm programações voltadas à comunidade regional, com espaços dedicados ao jornalismo geral e esportivo, informação científico-cultural, cidadania, música e variedades, coberturas de eventos, e divulgação da instituição mantenedora.

O Núcleo conta com a parceria de renomadas rádios e instituições, e também produtores independentes, trazendo ao público local diversas produções de qualidade. Entre outras, as emissoras da EBC e as rádios Senado e Câmara. E instituições como o CAPS Prado Veppo, Universidade Federal do Paraná, Abravídeo e EMATER-RS.

O Núcleo de Rádio Universidade tem à disposição 16 funcionários, sendo quatro jornalistas, um diretor de programa (atualmente ocupando a chefia), um diretor de som, três programadores, um técnico em audiovisual, cinco sonoplastas e um locutor. As emissoras contam, ainda, com bolsistas dos cursos de Jornalismo, Relações Públicas, Produção Editorial, Engenharia Acústica e Música e Tecnologia.

Para o debate e manutenção das grades de programações das emissoras, o Chefe de Núcleo fez nomear o GT Rádios UFSM – Grupo de Trabalho de Gestão e Acompanhamento das Programações das Rádios Universidade AM e Uni FM, que reúne seis dos funcionários à serviço das rádios.