Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Simanihot compartilha os resultados obtidos através de projeto em escola rural do Rio Grande do Sul

Nesta segunda-feira, 26 de junho, a Simanihot, equipe multidisciplinar de pesquisa e extensão tecnológica da cultura da mandioca, esteve na Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida, na localidade de São João dos Mellos, município de Júlio de Castilhos. O dia foi de avaliação do projeto com mandioca que a Equipe da UFSM desenvolveu na escola durante a última safra.

Segundo Alencar Zanon, professor coordenador da equipe na UFSM, o projeto teve início no ano de 2017 a partir de reuniões entre  a equipe Simanihot e os professores e alunos da escola. O professor acrescenta que a escolha de uma escola rural para a aplicação do experimento resulta da preocupação da equipe no que se refere à sustentabilidade e à sucessão rural nestas regiões caracterizadas por pequenas propriedades, oferecendo aos jovens novas alternativas.

Durante a manhã foi realizado um Roteiro Técnico sobre a Cultura da Mandioca para professores e alunos do quarto ao nono ano. Participaram do Roteiro o chefe do escritório municipal da Emater de Júlio de Castilhos (JC), Mateus Gomes, e a extensionista da Emater de JC, Elizangela Zancan. No período da tarde, a Equipe Simanihot permaneceu na Escola para fazer a colheita de mandioca no experimento sobre Níveis Tecnológicos na Cultura da Mandioca que foi conduzido.