Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Quarta Colônia e Caçapava do Sul buscam, junto à Unesco, o título de Geoparques Mundiais



Durante esta semana, os território da Quarta Colônia, na região central, e de Caçapava do Sul, nos Pampas, realizaram a assinatura da Carta de Intenções à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Os documentos elaborados pela equipe do projeto Geoparques da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em parceria com organizações locais —, visam à obtenção do título de Geoparque Mundial para os territórios em que o projeto é executado. Após a assinatura, as Cartas de Intenções foram encaminhadas ao Ministério das Relações Exteriores, em Brasília, para seguir os trâmites legais até chegar à UNESCO.

Os Geoparques são territórios, reconhecidos pela UNESCO, em que a memória da Terra é preservada e utilizada de forma sustentável para gerar o desenvolvimento para a sua comunidade. Esse desenvolvimento pode se dar no turismo, na criação de produtos, na gastronomia, no artesanato e em todas as formas de atividades que conservem e valorizem o patrimônio geológico-geomorfológico, como rochas, minerais, água, solos, relevos, paisagens e fósseis, em associação à cultura da comunidade. É um território “vivo”, onde o tempo da Terra e o tempo da humanidade se encontram e se misturam para celebrar a herança daquilo que recebemos, olhando para o presente, com conhecimento do passado e planejando o futuro. Atualmente, existem 147 Geoparques Mundiais da UNESCO, em 41 países, sendo somente um deles localizado no Brasil.

Projeto Geoparque Quarta Colônia

A Carta de Intenções do Projeto Geoparque Quarta Colônia foi assinada na última segunda (22), no Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Quarta Colônia (CAPPA/UFSM). O evento contou com a presença de integrantes da Pró-Reitoria de Extensão da UFSM, do Reitor da UFSM, do presidente do Consórcio para o Desenvolvimento Sustentável da Quarta Colônia (CONDESUS) e dos prefeitos dos municípios que integram a região.

Reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann

O Reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Afonso Burmann, destacou que a assinatura da Carta de Intenções mostra o trabalho de inserção e de fortalecimento de laços com a sociedade que a Instituição vem promovendo. Burmann também lembrou o apoio dos gestores locais para que a região seja certificada como um Geoparque da Unesco, unidos em um trabalho que vem contribuindo para o desenvolvimento regional e para a construção de novas perspectivas para a Quarta Colônia.

Após a assinatura da Carta, desenvolvida por docentes da UFSM e por membros do comitê gestor do projeto Geoparque, uma versão em português e uma em inglês do documento será enviada ao Itamaraty, para seguir os trâmites legais até chegar à UNESCO, em Paris. O território da Quarta Colônia é composto por nove municípios gaúchos: Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Ivorá, Nova Palma, Pinhal Grande, Restinga Sêca, São João do Polêsine e Silveira Martins.

Informações complementares podem ser acessadas aqui.

Projeto Geoparque Caçapava

A assinatura simbólica da Carta de Intenções do Projeto Geoparque Caçapava foi realizada na tarde da última quarta (24). O documento, que já está na comissão nacional do Brasil para a Unesco, no Ministério das Relações Exteriores, foi elaborado pela equipe do projeto Geoparques da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), em parceria com representantes da comunidade local.

Durante o evento, estiveram presentes o Secretário-Chefe da Casa Civil do Rio Grande do Sul, Otomar Vivian; o Reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann; o Reitor da UNIPAMPA, Roberlaine Ribeiro Jorge; o Pró-Reitor de Extensão da UFSM, Flavi Ferreira Lisbôa Filho; a coordenadora institucional do Projetos Geoparques UFSM, Jaciele Carine Sell; o prefeito de Caçapava do Sul, Giovani Amestoy; o presidente da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul, Mariano Teixeira; e o presidente da Associação para o Geoturismo em Caçapava (Ageotur), Ciro Chaves.

Durante a assinatura, o Secretário-Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, lembrou do papel fundamental de suporte ao projeto Geoparque desenvolvido pela UFSM e pela Unipampa, contribuindo para que a região se projete mundialmente como um exemplo de busca pela sustentabilidade, na mesma proporção em que promove a geração de emprego e de renda aos habitantes da região. A Carta de Intenções do Projeto Geoparque Caçapava já se encontra no Itamaraty, em Brasília, aguardando os trâmites legais do Ministério. Se aceito, o documento seguirá para a sede da Unesco, em Paris.

Informações complementares podem ser acessadas aqui.

 

 

Redação: Wellington Felipe Hack/ Pró-Reitoria de Extensão UFSM

Revisão: Erica Medeiros /Pró-Reitoria de Extensão UFSM


Publicações Recentes