Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Entidades da UFSM participam de grande mutirão de apoio aos afetados pelas enchentes no Vale do Taquari



As intensas chuvas que atingiram a região central do Rio Grande do Sul no mês de julho provocaram grandes enchentes nas regiões do Vale do Taquari e nas proximidades. O volume de chuva foi tão acentuado que fez o Rio Taquari registrar a maior cheia dos últimos 64 anos. As enchentes causaram inúmeros danos e prejuízos materiais, deixando centenas de famílias desabrigadas e desalojadas na região. A expressiva população de imigrantes que vivem na região, principalmente haitianos, também foi fortemente prejudicada pela situação. Buscando ajudar esse grupo, já bastante vulnerável, a passar por esse momento difícil, um grande “Mutirão da Solidariedade” foi organizado e contou com a colaboração de diversas entidades e associações de Santa Maria.

A articulação se deu através do Fórum Permanente de Mobilidade Humana do Rio Grande do Sul, que entrou em contato, em Santa Maria, com o Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão Direitos Humanos e Mobilidade Humana Internacional (Migraidh) da UFSM, coordenado pela Profa. Giuliana Redin. Para viabilizar uma maior divulgação e pontos de arrecadação, o grupo buscou parceria com os Projetos Esperança/Coosperança e com o Banco da Esperança, coordenados pela Irmã Lourdes Dill. O mutirão contou com o apoio de diversas outras entidades da cidade, que recolheram alimentos, roupas, agasalhos, materiais de limpeza e higiene, assim como, até mesmo, alguns móveis e materiais de construção, para serem destinados aos imigrantes afetados pelas enchentes. Dentre os grupos participantes, estão o PROARQ, o Instituto Harmonia, o Banco de Alimentos de Santa Maria, o Conselho de Segurança Alimentar de Santa Maria, a União das Associações Comunitárias (UAC), o Lar das Vovozinhas, o Instituto de Radiologia São Lucas e a Arquidiocese de Santa Maria, dentre outras diversas entidades e diversos doadores anônimos que colaboraram com a ação.

Outros projetos e entidades da UFSM também se uniram à iniciativa, ajudando na divulgação e na realização do mutirão, como a Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm); o Núcleo de Interação Jurídica Comunitária (NIJuC), que é um Programa de Extensão do departamento de Direito da UFSM, coordenado pelo Prof. José Luiz de Moura Filho; e a Pró-Reitoria de Extensão (PRE), através do Observatório de Direitos Humanos, que possibilitou a utilização de um caminhão para o transporte, até Santa Cruz do Sul, dos mais de 500kg de alimentos, assim como das roupas e dos materiais arrecadados pelo mutirão. A entrega foi feita pelo Prof. José Luiz, do NIJuC, na última sexta-feira, dia 31/08.

Redação: Bernardo Abbad da Rocha/ Pró-Reitoria de Extensão UFSM

Revisão: Erica Medeiros/ Pró-Reitoria de Extensão UFSM


Publicações Recentes