Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Criação artística no pós-pandemia em debate no V Congresso de Extensão AUGM



Foi realizada, na tarde desta quinta, 14, a segunda mesa temática do V Congresso de Extensão da AUGM. Com o tema Criação artística pós-pandemia: aprendizagens e desafios, a mesa contou com a participação da professora Paola Ferraro, da Universidad Nacional de Asunción (Paraguai), de Carlos Beyrodt Paiva Neto, do Observatório de Economia Criativa da Bahia (Brasil) e da professora Vera Vianna, coordenadora de Cultura e Arte PRE da Universidade Federal de Santa Maria (Brasil). Dentre os principais temas abordados no debate, estavam o fomento à cultura na América do Sul e as dificuldades do setor artístico durante a pandemia. A íntegra da mesa pode ser acessada no canal da Pró-Reitoria de Extensão UFSM (PRE) no YouTube.

Paola Ferraro, da Universidad Nacional de Asunción, lembrou que embora a precarização do trabalho artístico tenha se evidenciado durante a pandemia, elas são recorrentes no campo cultural. Para a professora, parte dessas dificuldades são motivadas pelo reflexo da economia de um país na produção artística, uma vez que os trabalhos são fortemente influenciados pelo contexto vivenciado socialmente. Ferraro também ressaltou que devemos pensar as universidades como instituições reconhecidas socialmente, propondo, a partir delas, alternativas e processo que deem suporte ao setor cultural. 

Para o pesquisador Carlos Paiva, os desafios históricos do setor artístico ficaram ainda mais visíveis durante a crise sanitária da covid-19, somando-se aos novos problemas ocasionados pelo distanciamento social. Paiva enfatizou o papel do setor público no fomento à arte e à cultura no país, apresentando as possibilidades de outros campos políticos – como o legislativo e os governos estaduais e municipais – para a criação de projetos de financiamento do setor cultural. O pesquisador ainda trouxe o exemplo da lei Aldir Blanc como uma experiência da política cultural que deve servir de modelo para o pós-pandemia.

O V Congresso de Extensão da AUGM segue até a noite de amanhã, quarta (15), com apresentações de trabalho, oficinas e mesas temáticas. Mais informações podem ser acessadas no site do evento.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes