Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

TV Ovo lança a série documental “O Que Tem Passado”

Os episódios foram lançados entre agosto e setembro, nas mídias da Associação



A TV Ovo lançou, recentemente, a série documental “O Que Tem Passado”, que busca refletir sobre as ações de preservação do patrimônio histórico-cultural na região central do Rio Grande do Sul. Os episódios que compõem a produção foram lançados nos dias 25, 28 e 30 de agosto e 2 e 3 de setembro, nas mídias da TV Ovo. 

A Associação santa-mariense reuniu gravações em cinco cidades, divididas em episódios de até 28 minutos, intitulados “Mata”, “São Martinho da Serra”, “Silveira Martins”, “Agudo” e “Santa Maria”. As produções são protagonizadas por Daniel Pereyron, arquiteto e urbanista; Manuela Fantinel, jornalista; e João Heitor Macedo, arqueólogo e historiador. Na série, os personagens fazem uma “saída de campo” para conhecer e investigar o patrimônio histórico-cultural de cada cidade, reunindo descobertas e registros.

Guiando o telespectador, os protagonistas saem de Santa Maria em direção às cidades escolhidas pelo projeto, em busca de vestígios da memória da região. No site, a TV Ovo define: “O pressuposto aqui é que qualquer canto do Rio Grande do Sul tem histórias para contar e tem traços de identidades que são formados da interação dos sujeitos em comunidade, no passado e no presente, com as características geográficas”. A equipe enfoca os diferentes modos de fazer, criar e viver, através de uma narrativa sobre os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, científico e ecológico dos municípios.

“O Que Tem Passado” é proposto pela TV Ovo como uma forma de “pesquisar, levantar, mapear e inventariar”. Além disso, sugere motivar a instrução de processos de Registro e Bens Culturais de natureza imaterial, bem como existir como um vetor de promoção do Patrimônio Cultural. A ideia ainda visa à democratização e à difusão do conhecimento sobre conteúdos históricos e étnico-culturais. O projeto também propõe a implementação de recursos de acessibilidade, com tradução em LIBRAS, audiodescrição e legendas descritivas. Os episódios podem ser acessados pelo Youtube, Facebook, Instagram e site da TV Ovo.

Texto: Anna Júlia da Silva | Pró-Reitoria de Extensão UFSM

Arte: TV Ovo

Edição: Wellington Hack | Pró-Reitoria de Extensão UFSM

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-346-7008

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes