Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Grupo de Trabalho População de Rua realiza Roda de Conversa sobre

O evento foi realizado no dia 06 de outubro, das 13h30 às 21h30, na Casa de Passagem Pousada Acolher, contando com participações da Professora Angelita Woltmann, do Projeto Visibilizando Direitos, Reinaldo Santos e Edgar Matias, que realizaram a roda de conversa sobre saúde integral do ser humano, e da Pastora Liliany Trindade, do Projeto Roda de Conversas.

PROGRAMAÇÃO:

Das 13:30 às 15 horas: Roda de Conversa Sobre a Saúde Integral do Ser Humano, com Edgar Matias do coletivo Semente Divina. A atividade trabalhou com os acolhidos importantes questões relativas a alimentação saudável, nutrição e higiene pessoal e de manipulação dos alimentos. Outro foco explorado foi a interação do indivíduo com o ambiente onde está inserido e as regras a serem cumpridas para que possamos partilhar com equilíbrio e harmonia deste e de outros espaços.

Das 15 às 18 horas: Projeto Visibilizando Direitos

Em 19 de agosto de 2004 o Massacre da Sé, no perímetro central da cidade de São Paulo enlutou o Povo Brasileiro e expôs de modo inquestionável os crimes da brasilidade: sete moradores de rua foram mortos e nove ficaram gravemente feridos em ataques monstruosos, cometidos por agentes de segurança, sob o signo da impunidade.

“Visibilizando Direitos”, o Projeto, relembrou no sábado (6/10) a trajetória dos que partiram mas também dos que persistem e lutam em nome da justiça pela igualdade de oportunidades e contra a impunidade construindo e mantendo de pé o Movimento Nacional da População de Rua (MNPR) que no Rio Grande do Sul é sediado em Porto Alegre e possui outros núcleos em cidades do interior do estado.

A atividade foi uma oficina sobre o histórico do MNPR com participação dos graduandos da Disciplina Extensão II da Universidade Franciscana (UFN), usuários (as) da Casa de Passagem Pousada Acolher e do colaborador Reinaldo Santos, integrante do Comitê Intersetorial da População em Situação de Rua e Enfrentamento à Violência e Discriminação Institucionais do Rio Grande do Sul. A atividade foi encerrada com a exibição do Documentário “Nós da Rua ” que conta em vinte e cinco (25) minutos a história do Movimento Nacional de População de Rua (MNPR).

Das 18 às 20 horas: Janta dos usuários(as) da Casa de Passagem.

Das 20 às 21 horas: Projeto Roda de Conversa, apresentando a Pastora Liliany Trindade, desenvolvendo com os acolhidos (as) os temas inveja e egoísmo, sob a perspectiva das sagradas escrituras, traduzindo e atualizando para a atualidade os ensinamentos dos Apóstolos.