Ir para o conteúdo Observatório de Direitos Humanos Ir para o menu Observatório de Direitos Humanos Ir para a busca no site Observatório de Direitos Humanos Ir para o rodapé Observatório de Direitos Humanos
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Com exposição virtual e criação de material pedagógico, projeto busca desenvolver educação antirracista



Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, o projeto “Arte, cultura e pedagogia: por uma educação antirracista na Educação Básica” buscou desenvolver ações que levassem uma educação antirracista às escolas. A ideia das ações surgiu junto ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) Artes Visuais. O projeto foi um dos contemplados com bolsa pelo Observatório de Direitos Humanos (ODH) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 2020.

As ações foram coordenadas pelo professor Lutiere Dalla Valle, do Departamento de Metodologia do Ensino, do Centro de Educação, e pela bolsista Leandra da Silva Cunha. Durante o ano, atingiram um público interno de 10 pessoas, além de um público externo de 20. Foi desenvolvido um material pedagógico contendo obras de artistas negros, para que seja trabalhado em sala de aula por professores da educação básica. Assim, o material conta com cinco obras de 13 artistas diferentes. O arquivo, com mais de 70 páginas, está em fase de finalização e deverá ser publicado.

Além disso, também foi feita uma exposição virtual, chamada Negrura, que contou com a participação de 12 artistas de diferentes cidades. Na abertura da exposição, foi realizada uma roda de conversa que contou com diferentes participantes abordando desde a trajetória de pessoas negras dentro da academia, até os processos envolvidos na elaboração de uma exposição coletiva no ambiente virtual institucional.

– Durante o período do Pibid, percebemos que as questões raciais são bem pouco articuladas. Por isso, nós desenvolvemos o projeto. Tínhamos previsto algumas intervenções junto à Secretaria de Educação do município (Smed), mas não foi possível devido à pandemia. Então, durante o ano passado, organizamos uma exposição virtual com artistas negros e negras – conta o professor.

Além do docente e da bolsista, o projeto também teve auxílio de Igor Rosa e Raianny Silva.

Live de abertura da exposição coletiva Negrura
Material compilado sobre artistas negros

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes