Ir para o conteúdo Observatório de Direitos Humanos Ir para o menu Observatório de Direitos Humanos Ir para a busca no site Observatório de Direitos Humanos Ir para o rodapé Observatório de Direitos Humanos
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Intervenções com famílias de adolescentes em cumprimento da medida socioeducativa de internação

Coordenadora: Prof.Drª Dorian Monica Arpini

O objetivo do Projeto é assessorar as famílias de adolescentes que cumprem a medida socioeducativa de internação na instituição Centro de Atendimento Socioeducativo de Santa Maria (CASE-SM) com as demandas advindas desse contexto. O projeto também objetiva proporcionar encontros, realizados de forma grupal, com os familiares de adolescentes em cumprimento da medida socioeducativa de internação; Problematizar o contexto da medida socioeducativa de internação e os impactos desta no âmbito familiar;

Possibilitar momentos de manifestação de sentimentos advindos da privação de liberdade do adolescente membro familiar; Permitir o compartilhamento de experiências entre os familiares, sem que haja preocupações com julgamentos ou preconceitos.

Sendo assim, no decorrer do ano, o presente projeto pretende realizar as seguintes ações:

– Estabelecer um diálogo e articulação da ação junto à equipe técnica da instituição;

– Contatos telefônicos com os familiares dos adolescentes que cumprem medida socioeducativa no CASE-SM para convite ou reiteração de convite ao longo dos encontros;

-Encontros quinzenais, de duração aproximada de 1h, com os familiares (35 participantes).

-Momento de encerramento com a equipe e com os familiares ao final das atividades.

Espera-se proporcionar um momento de escuta às situações de violência que permeiam, muitas vezes, os contextos familiares e sociais dos adolescentes que cumprem medida na instituição em questão. Nesse sentido, espera-se possibilitar um espaço de acolhimento e alívio às angústias dos familiares, bem como problematizar o contexto da medida socioeducativa de internação e os impactos desta no âmbito familiar. Ainda, acredita-se que o trabalho com os familiares poderá gerar uma maior participação e implicação dos mesmos com a medida socioeducativa de seus filhos. Nesse sentido, espera-se possibilitar a compreensão aos familiares de que o momento de cumprimento da medida socioeducativa de internação pode se apresentar como de grande potencial para promover aproximações e reflexões para todos os membros do contexto familiar.