Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Memorial da Vida

Audiodescrição: projeto arquitetônico do Memorial. fim da audiodescrição

Desde abril de 2017, uma comissão composta por servidores da UFSM e por dirigentes da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) planeja um espaço de homenagens para as vítimas da tragédia na boate Kiss dentro do campus sede, principalmente dedicado aos estudantes da Universidade. Um projeto arquitetônico preliminar foi apresentado em dezembro por um grupo de estudantes de Arquitetura e Urbanismo, vinculados ao Laboratório de Paisagismo e Arquitetura, coordenado pelo professor Luis Guilherme Pippi, integrante da Comissão UFSM Pró-Memorial às Vítimas da Boate Kiss. A pedra fundamental do Memorial da Vida será lançada no dia 27 de março.

O professor Luis Guilherme Pippi informa que foi apresentada uma ideia inicial e a partir desta serão organizados o anteprojeto e o projeto executivo do Memorial. O projeto preliminar prevê uma passarela rodeada por um espelho d’água com 242 esguichos que dá acesso a um prédio com hall para exposições e salas multimídia. A edificação conta com um terraço-jardim que funcionará como mirante para os morros da cidade, áreas verdes do campus e o Centro de Convenções. O prédio, todo idealizado em vidro para estimular o contato com a natureza, ainda dará acesso a um monumento em formato de coração em meio a outro espelho d’água. No entorno, o projeto prevê a plantação de 242 espécies de árvores que florescerão em tempos distintos durante todas as estações do ano, e uma espécie de arquibancada ao ar livre com platôs para descanso e contemplação.

O espaço foi inspirado em parques como Paley Park, em Nova York, Memorial do Vietnã, em Washington, e Museu das Missões, em São Miguel das Missões. De acordo com o grupo idealizador, a ideia do projeto é garantir um espaço que celebre a vida, sendo refúgio para contemplação, tranquilidade e contato com a natureza. O hall de exposições e as salas multimídia poderão ser utilizadas pelo público, mas também abrigarão memórias das vítimas, pois o objetivo maior do espaço é homenagear as pessoas, uma vez que no local da boate será construído um memorial sobre a tragédia.

 Texto: Luan Romero, acadêmico de Jornalismo, bolsista da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

A pedra fundamental do Memorial da Vida foi lançada no dia 27 de Março de 2018

Na manhã da terça-feira, dia 27 de março de 2018, foi realizada, na UFSM, a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Memorial da Vida, que homenageará a memória das 242 vítimas da tragédia na Boate Kiss. A cerimônia ocorreu no local onde será construído o Memorial, em uma área próxima ao Centro de Convenções, no Campus Sede da Universidade, em Camobi. 

Audiodescrição: grupo de pessoas reunidas em torno da pedra para o descerramento da mesma fim da audiodescrição

audiodescrição: Pedra fundamental do memorial fim da audiodescrição