Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

PET Letras promoveu atividades com crianças do projeto Orchestrarium

 

Atividade ocorreu na quarta-feira

Na manhã de quarta-feira (3), ocorreram atividades que marcam o início da parceria do Grupo PET Letras da UFSM com o Projeto Orchestrarium.

Trata-se de uma atividade musical e cultural que colocou em relação integrantes do curso de Letras da UFSM, do curso de Musicologia da Universidade de Sevilha (Espanha) e os integrantes do Projeto Orchestrarium, sediado na Ulbra Santa Maria.

O Projeto Orchestrarium tem cunho formativo social e cultural, que prevê, de forma gratuita, aulas de música e ensaios com o intuito da formação de orquestras juvenis. O projeto é composto de crianças e jovens dos 6 aos 24 anos, com a intenção de atender a crianças em situação de vulnerabilidade social. 

 A coordenadora do projeto, Mírian De Agostini Machado, contou que as aulas acontecem em turnos opostos ao da escola. Na sede do projeto eles recebem, além das aulas de música, apoio pedagógico, inclusão, integração e acesso à cultura.

Atividade ocorreu na quarta-feira

A atividade contou com a participação especial de Maria José Sígler Mármol, professora de Língua e Literatura Espanhola, e de Paula López Sígler, estudante de Musicologia na Universidade de Sevilha. As convidadas realizaram, com as crianças e jovens, diversas atividades, tais como apresentação musical ao piano, ensaio de canto e de danças típicas da Espanha. Já os alunos puderam mostrar um pouco da cultura brasileira.

Graças a esta atividade organizada pela tutora do Programa de Educação Tutorial (PET) dos cursos de Letras, Verli Petri, e a petiana Thais Costa, juntamente com as convidadas, as crianças tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da cultura espanhola e, através disso, tê-las como inspiração para o futuro. 

Da mesma forma, foram estabelecidos importantes contatos entre os dois grupos brasileiros e a instituição espanhola, o que poderá gerar bons frutos e projetos conjuntos no futuro.

Fonte: www.ufsm.br         Fotos: Divulgação