Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Alunos de Silveira Martins são recepcionados no campus de Santa Maria

 

Na manhã desta segunda-feira (15), no Espaço Multiuso, aconteceu a recepção aos alunos provenientes da Unidade Descentralizada de Ensino Superior de Silveira Martins (Udessm), que migraram do campus de Silveira para o de Santa Maria. 

A atividade contou com representantes dos órgãos responsáveis pelo processo de migração dos alunos, entre eles da Reitoria e da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae). 

Desde a semana passada, os mais de 200 alunos que estudavam na Udessm estão tendo seu realocamento até o campus sede da UFSM efetivado. O objetivo, com isso, é disponibilizar uma melhor infraestrutura para os alunos e servidores. 

Desta forma, os cinco cursos ofertados na Udessm – Administração, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Gestão de Turismo e Bacharelado Interdisciplinar – mudaram de endereço.

Para os alunos, a mudança de estrutura acadêmica é positiva. Clarissa Rosa, 23 anos, graduanda do curso de Administração e que estudava há dois anos no campus de Silveira, elogiou a mudança. “Aqui temos maior visibilidade para todos os cursos. Lá a gente não tinha RU e Casa do Estudante, por exemplo”, diz, afirmando também que a boa qualidade do ensino não será afetada.

De acordo com o reitor, Paulo Afonso Burmann, algumas demandas da Universidade foram afetadas por motivos de contenção dos repasses nos últimos anos. E neste caso de realocação dos alunos da Udessm, a colaboração de todos será imprescindível.

“Precisamos construir conjuntamente uma alternativa para o campus de Silveira Martins”, declarou o reitor, ao mesmo tempo em que reafirmava o fato de a unidade entre todos ser a base do sucesso institucional.

Aos alunos residentes em Silveira Martins, e que estejam matriculados regularmente a partir de 2015 na Instituição, o transporte público para o seu deslocamento até Santa Maria será gratuito. 

Apesar da mudança de campus para alunos, professores e técnico-administrativos, a pasta administrativa da Udessm ainda funcionará em Silveira Martins.

Segundo a Reitoria, a UFSM reaproveitará as suas dependências na comunidade. Tudo indica que novas políticas de integração com a Quarta Colônia serão alinhadas para que não se perca o vínculo com Silveira Martins e região.

Texto: Luis Fernando Filho, acadêmico de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias

Edição: Ricardo Bonfanti (www.ufsm.br