Ir para o conteúdo PROGRAD Ir para o menu PROGRAD Ir para a busca no site PROGRAD Ir para o rodapé PROGRAD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM é uma das 20 universidades brasileiras no ranking das instituições criadas no pós-guerra



A instituição britânica Times Higher Education (THE) publicou, nesta quarta-feira (24), o Golden Age University Ranking 2020, que lista as 308 melhores universidades do mundo criadas no período de 1945 a 1967, que foi marcado pelo final da Segunda Guerra Mundial.

De acordo com a THE, o título de “era dourada” para aquele período deve-se à rápida expansão do ensino superior e ao crescente investimento em pesquisa, características pelas quais o pós-guerra se destacou na área da educação. Encontrando-se na posição entre o 251º e o 300º lugar, a UFSM é uma das 20 universidades brasileiras que figuram no ranking.

A metodologia usada para a elaboração do Golden Age University Ranking é a mesma usada nos outros rankings universitários publicadas pela THE, que estão entre os de maior prestígio mundial. Na classificação das universidades da “era dourada”, a UFSM ficou na faixa das universidades que obtiveram um conceito geral entre 10,7 e 22,1, tendo recebido as seguintes notas nos cinco quesitos avaliados: ensino (20,4), pesquisa (8,8), citações (13,5), indústria (35) e internacionalização (17,4).

Fundada em 1960, a UFSM vai comemorar no dia 14 de dezembro de 2020 o seu aniversário de 60 anos. No ranking divulgado hoje, o qual foi publicado pelo quarto ano consecutivo, ela figura lado a lado com universidades criadas na mesma época, alguns anos antes ou depois, nos cinco continentes. A maior parte delas está na Ásia, com 159 instituições listadas. O primeiro lugar coube novamente à University of California/San Diego, dos Estados Unidos.

Fonte: www.ufsm.br 


Publicações Recentes