Ir para o conteúdo PROGRAD Ir para o menu PROGRAD Ir para a busca no site PROGRAD Ir para o rodapé PROGRAD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM inaugura Sala de Desenho Acessível na Biblioteca Central



 

A Universidade Federal de Santa Maria inaugurou, na tarde desta quarta-feira (17), sua Sala de Desenho Acessível. O espaço, localizado no térreo da Biblioteca Central, no campus sede, disponibiliza recursos que favorecem o acesso à informação e à cultura, principalmente para pessoas com necessidades educacionais específicas.

A inauguração foi transmitida pelo canal da Pró-reitoria de Graduação (Prograd) no YouTube. O evento contou com a presença do reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, do vice-reitor, Luciano Schuch, do pró-reitor de graduação, Jerônimo Siqueira Tybusch, do gerente da Biblioteca Central, Fernando Leipnitz, e da coordenadora de ações educacionais da Prograd, Sílvia Maria de Oliveira Pavão, além de autoridades convidadas e representações docentes, discentes e de servidores(as) técnico-administrativos(as).

A Sala de Desenho Acessível é equipada com mobiliário adaptado a pessoas em cadeira de rodas e obesas

O reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, destacou, em seu pronunciamento, o caráter democratizante dos recursos que a Universidade pode proporcionar à comunidade. “Tornar os espaços e as ferramentas educacionais, sociais e políticas da Universidade disponíveis e acessíveis é uma missão permanente, ela não para, ela não cessa”, enfatizou o reitor.

O professor Jerônimo Tybusch, Pró-reitor de Graduação da UFSM, ressaltou que o projeto da Sala de Desenho Acessível vinha sendo gestado há 8 anos, de forma colaborativa, conectando os diversos setores da Universidade de forma transdisciplinar. “A Biblioteca se torna um espaço de toda a comunidade acadêmica e de toda a comunidade de Santa Maria; um espaço de intersecção, um espaço de conversa, um espaço de inter-relação”, disse.

A Sala disponibiliza lupas eletrônicas, para visualização, em tela grande, de documentos e materiais impressos

A professora Sílvia Maria de Oliveira Pavão, coordenadora de ações educacionais da Prograd, lembrou que o conceito de Desenho Acessível remonta ao conceito de Desenho Universal, que teve origem com o arquiteto norte-americano Ronald Mace, em meados de 1985. Em 1997, ele aplicou o conceito a produtos e ambientes, objetivando que o maior número possível de pessoas possa usufruir dos recursos de forma autônoma, sem a necessidade de adaptações.

Ao contrário do que o nome possa sugerir, a Sala de Desenho Acessível não se aplica somente a atividades de cunho artístico, pois engloba em seu espaço um acervo braille com mais de 200 obras em diferentes gêneros, além de mesas de estudo e estações de trabalho acessíveis, com mobiliário adaptado para pessoas obesas ou em cadeira de rodas.

A sala também possui lupas eletrônicas (para ampliação em tela de páginas impressas) e computadores equipados com fones de ouvido e leitores de tela (softwares assistivos que transformam em áudio o conteúdo de sites e documentos eletrônicos).

A Sala de Desenho Acessível também conta com estações de trabalho equipadas com software leitor de tela, para reprodução em áudio do conteúdo de sites e documentos digitais

Em seu pronunciamento, o bibliotecário Fernando Leipnitz, gerente da Biblioteca Central e coordenador do projeto, ressaltou: “Acesso, para nós, bibliotecários e servidores de bibliotecas, é uma palavra muito importante. Primamos pelo acesso democrático, plural, universal à informação. Informação, para nós, sabemos bem, é um alimento. O acesso à informação é essencial para a produção de oportunidades na vida das pessoas. Informação salva vidas”.

O projeto da Sala de Desenho Acessível foi institucionalizado em fevereiro de 2020, contando com a participação direta das equipes da Biblioteca Central, do Sistema de Bibliotecas e da Coordenadoria de Ações Educacionais da Pró-Reitoria de Graduação (CAEd/Prograd).

Servidores(as) com necessidades educacionais específicas, além de docentes e servidores especializados nos temas da acessibilidade e da inclusão, atuaram como consultores do projeto. Futuramente, a Coordenadoria de Tecnologia Educacional (CTE/Prograd) irá desenvolver ações para o uso virtual da Sala.

Outras informações sobre a Sala de Desenho Acessível podem ser consultadas AQUI ou solicitadas através do email atendimento.sib@ufsm.br.

Reitor Paulo Afonso Burmann e vice-reitor Luciano Schuch conhecem as estações de trabalho com software assistivo leitor de tela
Monitor faz a demonstração, ao reitor e vice-reitor, do funcionamento da lupa eletrônica, um dos equipamentos disponíveis na Sala de Desenho Acessível
Bibliotecário Fernando Leipnitz, gerente da Biblioteca Central, fala às autoridades e convidados presentes à inauguração da Sala de Desenho Acessível
Professora Sílvia Pavão, coordenadora de ações educacionais da Prograd, e Fernando Leipnitz, gerente da Biblioteca Central, apresentam a Sala aos(às) convidados(as)
Autoridades, integrantes do projeto e servidores(as) da Biblioteca Central realizam o descerramento da placa inaugural da Sala de Desenho Acessível
Autoridades e membros do corpo discente, docente e técnico-administrativo da UFSM prestigiaram o evento

 

 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes