Ir para o conteúdo PROGRAD Ir para o menu PROGRAD Ir para a busca no site PROGRAD Ir para o rodapé PROGRAD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Mais da metade dos cursos da UFSM avaliados pelo Enade obtém os conceitos mais altos

A escala dos conceitos vai de 1 a 5 e, dentre os cursos avaliados, seis alcançaram nota máxima



 

Nesta segunda-feira (12), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) e de dois dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior, que são calculados com base no desempenho dos estudantes: o Conceito Enade e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD).

Nesta edição do Exame, dentre os 34 cursos da UFSM avaliados, 6 obtiveram conceito máximo, nota 5, e outros 12 cursos obtiveram conceito 4. Os cursos mais bem avaliados na Instituição são as licenciaturas em: Computação (EaD), Ciências Biológicas, Física, História, Letras-Inglês e Letras-Português

O pró-reitor de Graduação, Jerônimo Tybusch, indica que esse resultado é bastante positivo para a Instituição, uma vez que mais de 50% dos cursos avaliados nesta edição do Exame obtiveram as maiores pontuações. “Esses números provam a excelência da UFSM, que vai na direção de, neste ou no próximo ano, já alcançar o conceito 5 como Instituição, sendo considerada uma Universidade de Excelência”, destaca.

A nota geral do Enade integra uma avaliação mais ampla e impacta, também, no Índice Geral de Cursos (IGC) e no Conceito Preliminar de Curso (CPC). Esses dois índices estão previstos para serem divulgados em dezembro. Douglas Flores de Almeida, procurador Educacional Institucional da UFSM, explica que esses resultados têm consequência direta no Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSM, dentro do Desafio 2, Educação inovadora e transformadora com excelência acadêmica e no Plano de Metas da Instituição, que deseja obter um IGC 5. 

Tybusch explica que, para que os resultados sejam cada vez melhores, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e a Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) têm realizado um trabalho integrado, objetivando sensibilizar os estudantes para que conheçam o sistema de avaliação, os modelos de questionários e as provas aplicadas. Em novembro de 2021 um seminário sobre o Exame foi realizado na Instituição. Uma nova edição já está sendo organizada para este ano.

A Prograd disponibiliza o site ufsm.br/enade, que traz todas as informações sobre o exame, como legislação e cronograma, além de um tira-dúvidas e um guia atualizado para docentes e acadêmicos. O site possui também um banco de questões das edições anteriores, para familiarizar os futuros alunos concluintes a respeito da prova.

 

Como funciona o Enade

A avaliação é composta por 4 instrumentos, dois que têm impacto direto nos indicadores – Prova e Questionário do Estudante – e dois que são instrumentos complementares que servem para compreensão dos resultados – Questionário do Coordenador de Curso e Questionário de Percepção de Prova.

A Prova tem como objetivo aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais. Além disso, mede as habilidades dos acadêmicos na compreensão de temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão. Para atingir esses objetivos, é composta por uma parte de formação geral, com 10 questões sobre ética, cidadania, direitos humanos, responsabilidade social, ambiental, entre outros, e uma parte de formação específica, com 30 questões focadas no conteúdo de formação de cada área.

O Questionário do Estudante é onde o acadêmico avalia o curso e a instituição na qual está matriculado. Leva em conta a organização didático-pedagógica, infraestrutura e oportunidades de ampliação da formação acadêmica e profissional. Também busca caracterizar o perfil dos estudantes (gênero, cor, idade, renda, etc) e o contexto de seus processos formativos, auxiliando na análise dos resultados e subsidiando os processos de avaliação de cursos e instituições. 

O Questionário do Coordenador de Curso levanta informações sobre o perfil do coordenador de curso e o contexto dos processos formativos. Já o Questionário de Percepção de Prova busca informações a respeito da percepção dos estudantes em relação à prova.

 

Indicadores e a importância deles

A avaliação do Enade impacta na composição de três indicadores de qualidade dos cursos superiores: Conceito Enade, IDD e CPC, e um indicador de qualidade institucional (IGC).

Conceito Enade: é um indicador de qualidade que avalia os cursos por intermédio dos desempenhos dos estudantes na prova do Enade. É a nota da turma que realizou a prova.

Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD):  é um indicador de qualidade que busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Conceito Preliminar de Curso (CPC): É o indicador de qualidade mais completo dos cursos, pois considera o desempenho dos estudantes na prova do Enade, a infraestrutura do curso e o perfil do corpo docente. Além disso, o indicador é utilizado como referência para a renovação do reconhecimento dos cursos perante o MEC.

Índice Geral de Cursos (IGC): é um indicador de qualidade que avalia as instituições de educação superior e corresponde à média das notas do CPC dos cursos de graduação e dos conceitos CAPES dos cursos de programas de pós-graduação stricto sensu das instituições, ponderadas pelo número de matrículas de cada curso.  

 

Enade

O Ciclo Avaliativo do Enade determina as áreas de avaliação e os cursos a elas vinculados, de modo que, a cada ano, temos um grupo de áreas e seus cursos sendo avaliadas. O Enade 2021 foi aplicado no dia 14 de novembro de 2021, e avaliou 1148 estudantes concluintes inscritos de 35 cursos de graduação. Os cursos foram:  Artes Visuais – Licenciatura; Ciência da Computação – Bacharelado; Ciências Biológicas – Licenciatura; Ciências Biológicas – Licenciatura (Palmeira das Missões); Ciências Biológicas – Bacharelado; Ciências Sociais – Licenciatura; Ciências Sociais – Bacharelado; Computação – Licenciatura (EaD); Educação Física – Licenciatura; Educação Física – Bacharelado; Filosofia – Licenciatura; Filosofia – Bacharelado; Física – Licenciatura (Integral); Física – Licenciatura (Noturno); Física – Licenciatura (EaD); Geografia – Bacharelado; Geografia – Licenciatura; Geografia – Licenciatura (EaD); História – Bacharelado; História – Licenciatura; Letras Inglês – Licenciatura; Letras Português – Licenciatura; Letras Português – Licenciatura (EaD); Matemática – Licenciatura; Música – Licenciatura; Pedagogia – Licenciatura (Integral); Pedagogia – Licenciatura (Noturno); Pedagogia – Licenciatura (EaD); Química – Bacharelado; Química – Licenciatura; Tecnologia Em Redes de Computadores; Sistemas de Informação; Sistemas de Informação (Frederico Westphalen); e Sociologia – Licenciatura (EaD)

Texto: Ana Laura Iwai e Mariana Henriques, Agência de Notícias

Fonte: ufsm.br 

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-342-19649

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes