Ir para o conteúdo Egressos Ir para o menu Egressos Ir para a busca no site Egressos Ir para o rodapé Egressos
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

No dia do Farmacêutico, Graziela Grassi Gelain, egressa do curso, nos conta sobre a profissão.



 

Graziela Grassi Gelain se graduou em Farmácia no ano de 2015. Durante o curso, realizou graduação sanduíche na Universidade de Bolonha, Itália, no período compreendido entre agosto de 2013 a julho de 2014, sob financiamento da CAPES. Depois concluiu Pós-graduação em Gestão Estratégica de pessoas em 2018 na Ulbra. Hoje atuando na industria farmacêutica, Graziela contou um pouco sobre sua trajetória, confira:

Volver – Qual foi tua motivação para fazer Farmácia?

Graziela – O que me motivou a fazer o curso de Farmácia foi o interesse em entender o complexo mundo dos fármacos, desde a fabricação do medicamento até os efeitos que eles podiam exercer no organismo, isso sempre me despertou muita curiosidade. Mal sabia eu, na época, o quão ampla é a área de farmácia.

Volver – Como era o curso na época que você estudava na UFSM?

Graziela – Sobre a graduação de farmácia, o curso na minha época era muito bom, gostava do ensino e dos professores, principalmente a partir do 5°semestre onde começamos a estudar as matérias mais específicas do curso. 

Volver – Você fez graduação sanduíche na Itália, certo? Como foi essa experiência?

GrazielaMinha experiência com a graduação sanduíche na Itália foi maravilhosa, fiquei um ano residindo na cidade de Bolonha, uma cidade universitária muito semelhante com Santa Maria. Além de aprender outro idioma, outra cultura, outro modo de ensino das universidades, outras matérias, aprendi a enxergar o mundo de outra forma. Posso dizer que o intercâmbio me fez “abrir a cabeça” para novos horizontes, ter novas perspectivas e propósitos de vida. Recomendaria essa experiência para todas os universitários. 

Volver – Como é o mercado de trabalho nessa área de Farmácia? 

Graziela – Atualmente eu trabalho em uma indústria farmacêutica chamada Multilab, localizada na cidade de São Jerônimo/RS. O mercado de trabalho nessa área é muito desafiador e competitivo, porém é muito gratificante poder contribuir e entender a importância do farmacêutico em cada etapa do processo produtivo de um medicamento. Eu adoro trabalhar nesta área e o mercado de trabalho é muito amplo e oferece muitas oportunidades para quem está disposto a desafiá-la. 

Volver – Hoje é o dia do Farmacêutico. O que essa data significa para ti e para a profissão? 

Graziela – O dia 20 de janeiro significa para nós farmacêuticos uma data de extremo orgulho, pois estamos conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho e lutando por ele com dignidade e perseverança.  

Volver – Quer mandar algum recado para os atuais estudantes de Farmácia?

Graziela Para os estudantes de farmácia e futuros colegas de profissão, desejo um futuro brilhante e muito sucesso!

Texto: Gabriel de David


Publicações Recentes