Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Indígena

 

Além das vagas de ingresso via Enem/SiSU nos cursos de graduação destinadas a pretos, pardos e indígenas (PPI), a Universidade Federal de Santa Maria também oferta vagas em 18 cursos para indígenas aldeados através do Processo Seletivo Indígena.

Pensando não apenas no ingresso, mas nas condições de permanência e formação profissional e cidadã do aluno indígena, a UFSM tem promovido diversas iniciativas, como as Rodas de Conversa e o Encontro de Estudantes Indígenas, nas quais os acadêmicos podem relatar dificuldades, propor soluções e trocar experiências sobre seu cotidiano na universidade.

As monitorias, que prestam auxílio acadêmico aos estudantes indígenas em suas atividades de aprendizagem, rotinas de aula e uso de equipamentos, buscam minimizar barreiras sociais e culturais existentes através do diálogo intercultural, qualificando dessa maneira a política de Ações Afirmativas da UFSM.

Programa Abdias do Nascimento, preparatório para cursos de pós-graduação voltado a alunos pretos, pardos, indígenas e/ou com deficiência, é um importante passo na valorização de grupos sociais minoritários dentro da universidade.

Casa do Estudante Indígena também é outra iniciativa da UFSM para congregar acadêmicos ameríndios de diversas etnias.