Ir para o conteúdo SiSU Ir para o menu SiSU Ir para a busca no site SiSU Ir para o rodapé SiSU
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Calourada UFSM 2020/1 acolhe novos estudantes do campus sede no Centro de Convenções



Reitor Paulo Burmann e vice Luciano Schuch recepcionaram os novos estudantes

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (9), no Centro de Convenções, no campus sede, a abertura da Calourada UFSM 2020/1. Marcando a volta às aulas no primeiro semestre de 2020, a Calourada tem como objetivo promover a acolhida e socialização entre novos estudantes e veteranos, apresentar a Universidade e tirar dúvidas comuns para quem está ingressando.

A primeira atração foi uma apresentação do DTG Noel Guarani, com dois atos coreográficos, “Canção da vida e da tarde” e “Força da juventude”. Projeto de extensão, o DTG Noel Guarany surgiu em 2005, com o objetivo inicial de integrar, em Santa Maria, os acadêmicos oriundos de diversos locais do RS que costumavam frequentar os espaços tradicionalistas em suas cidades de origem, mas, chegando ao centro do Estado, não reuniam condições de inserir-se nas entidades já existentes. Atualmente, congrega alunos de vários cursos. 

Espetáculo “Força da juventude”

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFSM também participou da recepção. Luiz Eduardo Barbosa, estudante de Direito, orientou os calouros quanto à função dos diretórios acadêmicos e central, de representar os estudantes, relembrou o papel da Universidade como instrumento de transformação social e a importância do movimento estudantil na luta para conquistar e manter direitos.

Reitor e vice deram as boas-vindas

Em seguida, o reitor, Paulo Afonso Burmann, e o vice-reitor, Luciano Schuch, deram boas-vindas aos calouros. O vice-reitor fez uma fala descontraída, e também trouxe dados importantes, como a aparição da UFSM entre as 10 universidades do mundo com maior produção científica feita por mulheres, e entre as universidades mais inclusivas e diversas do  mundo, de acordo com o ranking University Impact do ano passado.

Descontração marcou recepção aos calouros no Centro de Convenções

O reitor lembrou aos calouros da importância da UFSM na ciência, como um lugar de reflexão, debate e construção de conhecimento. Além disso, explicou aos ingressos sobre a redução do orçamento e os desafios diante dessa situação. Afirmou que a Universidade deve ser um lugar de oportunidades, de respeito às diferenças, e garantiu que os estudantes que precisam continuarão tendo o apoio da instituição para a construção da sua escolha profissional, da sua cidadania e da sua formação, por meio da assistência estudantil. “É responsabilidade nacional e estratégia de soberania nacional investimento na educação pública, de qualidade e, sobretudo, inclusiva”, afirmou Burmann.

“Vocês vão aprender muito aqui na Universidade”, afirmou convidado

Na sequência, Alexandre Beck, ilustrador e cartunista brasileiro, autor da tirinha “Armandinho”, foi chamado ao palco para conversar com os calouros. Natural de Florianópolis, ele morou em Santa Maria por quatro anos, quando a esposa, Janine, foi professora na Universidade. “Eu fui convidado para dar as boas-vindas a vocês, ingressos da Universidade Federal de Santa Maria. Eu fiquei muitíssimo contente, é uma honra muito grande”, comentou.

Alexandre Beck, autor da tirinha “Armandinho”

Formado em Agronomia e Comunicação Social, Alexandre contou que a tirinha “República” foi sua primeira criação. Inspirada em seus colegas do curso de Jornalismo, teve seu trabalho inicialmente publicado no jornal Diário Catarinense, onde também fazia ilustrações. Ele relatou que, ao publicar as tirinhas do Armandinho, mudou seus julgamentos e percepções a partir do retorno que recebia de seus leitores. “Eu achei que sabia muita coisa, e descobri que não sei nada. Estamos em um processo contínuo de formação, e vocês vão aprender muito aqui na Universidade. Para não saírem daqui apenas ótimos profissionais, mas também ótimos seres humanos”, afirmou Alexandre.

Tatiane Schmitz Garcia, 18 anos, está entre os cerca de 3,5 mil novos alunos que confirmaram matrícula na UFSM no primeiro semestre deste ano. Natural de Cerro Largo, veio para Santa Maria para cursar Fonoaudiologia. Para ela, a programação feita pela Universidade foi informativa e muito receptiva. “A experiência como bixo está sendo bem interessante, conhecer pessoas novas é muito bom, sempre quis ser pintada. Minhas expectativas são de gostar cada vez mais da UFSM e do curso”, comentou Tatiane.

Durante o período da noite, a programação foi realizada novamente.

A programação da Calourada UFSM 2020/1 prossegue até a próxima semana com atividades nos quatro campi da Universidade.

Texto: Ana Laura Iwai e Vitória Parise, acadêmicas de Jornalismo, bolsistas da Agência de Notícias

Fotos: Matheus Santos

Edição: Ricardo Bonfanti

Fonte: www.ufsm.br 


Publicações Recentes